in

Gigantes chinesas da Internet unem-se para expandir base de consumidores jovens

A empresa de entrega de comida chinesa Ele.me, pertencente à Alibaba, e a Bilibili, um serviço de streaming de vídeo focado em anime, disponibilizaram uma oferta conjunta, por um tempo limitado, no final de dezembro.

O plano permitiu a associação de ambas as plataformas por 25 yuans (cerca de 3,65 dólares) por mês e ofereceu descontos significativos na entrega de alimentos, bem como no streaming de anime ilimitado. A promoção decorreu sob o slogan “Zhai E Kuai”, um trocadilho com a frase “sejam otaku juntos”. Otaku é um termo japonês para uma pessoa obcecada por um hobby – tipicamente anime – que raramente sai de casa.

A união da Ele.me e da Bilibili alavanca uma enorme sobreposição demográfica, já que a maioria dos utilizadores de ambas as plataformas tem menos de 25 anos. Além disso, a parceria permitiu que a Ele.me aproveitasse um dos mercados de crescimento mais rápido na China. As aplicações de entrega de comida têm já 355 milhões de utilizadores, de acordo com a iiMedia, o que representa cerca de 40% da população. Há cinco anos, eram 100 milhões.

Publicidade

Publicidade

Ramón Laguarta é o novo presidente da PepsiCo

DIA poderá acabar nas “mãos” da Mercadona