in

DS Smith lança nova solução de embalagem sustentável para entregas sensíveis à temperatura

A DS Smith anunciou uma nova parceria com a TemperPack para introduzir os revestimentos térmicos ClimaCell, que proporcionam um isolamento sustentável para produtos sensíveis à temperatura, como alimentos perecíveis e produtos médicos.

O produto, produzido à base de papel e materiais de origem orgânica, pode ser facilmente reciclado e depositado nos ecopontos destinados ao papel e vem substituir a espuma EPS (poliestireno expandido), de difícil reciclagem e cuja utilização em packaging representa mais de 350 mil toneladas por ano. Na Europa, apenas um terço destes resíduos de packaging de plástico é reciclado. “A DS Smith está empenhada em liderar o caminho para uma economia mais circular, recorrendo com frequência a parcerias que permitem desenvolver e adotar rapidamente soluções mais sustentáveis. É com orgulho que anuncio a nossa colaboração com a TemperPack num produto circular como o ClimaCell. Esta solução inovadora é um conceito já comprovado nos Estados Unidos, que agora vamos trazer para a Europa para proteger os produtos sensíveis à temperatura, ampliando assim a nossa oferta no âmbito da economia circular”, afirma Marc Chiron, Sales, Marketing and Innovations Director da DS Smith Packaging.

 

Crescimento do e-commerce

Esta parceria torna-se ainda mais importante perante as evidências de que a pandemia de Covid-19 continua a impulsionar o crescimento do e-commerce. Um estudo recente da DS Smith revelou que os consumidores europeus planeiam manter ou aumentar o seu nível de compras online de produtos perecíveis (62%). Com uma mudança tão radical nos hábitos de compra, tanto a DS Smith como a TemperPack acreditam que a introdução destes produtos sustentáveis é fundamental para garantir a transição para uma economia circular e evitar um aumento substancial de resíduos.

Os revestimentos ClimaCell são uma barreira de isolamento térmico, patenteada e premiada, com propriedades protetoras de amortecimento, que os tornam no substituto ideal de plásticos problemáticos, como a espuma EPS, o material mais utilizado para proteger produtos em circulação sensíveis à temperatura.

Publicidade

Tecnologia

83% dos consumidores mudaram os seus hábitos de consumo

Como o mercado de casinos e apostas online cresceu 70% durante a pandemia?