in

Diageo investigada nos E.U.A

As autoridades norte-americanas estão a investigar a Diageo, avança o The Wall Street Journal, quanto ao modo como enviou stocks aos distribuidores.

Uma porta-voz da empresa de bebidas espirituosas confirmou à publicação que a empresa está a colaborar totalmente na investigação, fornecendo toda a informação necessária ao desenvolvimento da mesma.

O mercado norte-americano representa um terço das vendas da empresa britânica e 45% dos seus lucros. A quota de mercado está fixada nos 20%. Mas os resultados nesta geografia não têm sido dos mais animadores, com as vendas de Smirnoff e Captain Morgan em queda. Já as de Guiness cresceram 3%.

Globalmente, as vendas líquidas da Diageo aumentaram 5%, para os 10,8 mil milhões de libras, e os lucros cresceram 3%, para os 2,8 mil milhões de libras, no exercício concluído a 30 de junho. A empresa atribui estes bons resultados à aquisição da United Spirits, que ofereceu “um novo nível de acesso a um dos mais atrativos mercados de bebidas espirituosas”. As vendas de Guiness mantiveram-se estáveis, ao passo que as de Baileys caíram 4%, as de Smirnoff 2% e as de Johnnie Walker 9%.

Publicidade

Danone inova no linear dos frescos

Nestlé e Pepsi afetadas por expropriação de armazém na Venezuela