in

DB Schenker e Lufthansa Cargo operam o primeiro voo de carga neutro em CO2

A DB Schenker anunciou o lançamento do primeiro voo de carga de aviação comercial operado 100% com combustível de aviação sustentável (SAF).

Esta operação neutra em termos de CO2, tornada possível pela cooperação com a Lufthansa Cargo, teve lugar entre Frankfurt e Xangai a bordo de um Boeing 777F e transportou mercadorias da Siemens Healthineers AG, entre outras.

Empenhadas no desenvolvimento do transporte aéreo sustentável, a DB Schenker e a Lufthansa Cargo acordaram, em novembro, trocar pontos de vista sobre questões ambientais, a fim de promover soluções conjuntas, incluindo a utilização de combustíveis alternativos aos fósseis para o transporte aéreo de carga.

 

Combustível sintético

O SAF é, essencialmente, querosene sintético sustentável. É, atualmente, produzido a partir de biomassa, tal como óleos vegetais e de cozinha sustentáveis ou recicláveis. Espera-se que, no futuro, também estejam disponíveis combustíveis renováveis não vegetais. O processo de produção mais conhecido é o chamado processo power-to-liquid (PtL), baseado em eletricidade renovável, água e CO2.

Ao utilizar SAF, evitam-se, por completo, as emissões fósseis de CO2 de um voo operado com querosene convencional. Durante a combustão no motor, apenas é libertado CO2 previamente removido da atmosfera, por exemplo, do crescimento das plantas. A SAF é a primeira alternativa real ao combustível fóssil da aviação e a chave para um tráfego aéreo amigo do clima e livre de dióxido de carbono.

O SAF utilizado pode ser adicionado ao querosene convencional como combustível de uso imediato, tornando-o prático e adequado para uso diário, sem necessidade de ajustes na aeronave ou na cadeia de abastecimento. Assim, a quantidade de SAF correspondente aos requisitos de combustível para o voo de regresso entre Frankfurt e Xangai é injetada no sistema de reabastecimento no aeroporto de Frankfurt. Cada aeronave, subsequentemente reabastecida no depósito de combustível, recebe e consome fisicamente uma pequena quantidade de SAF. A redução de CO2 alcançada é, assim, totalmente creditada à Lufthansa Cargo e à DB Schenker.

 

Parceria

A DB Schenker e a Lufthansa Cargo estão também a implementar um projeto de reflorestação para compensar as emissões de CO2 e outros gases com efeito de estufa resultantes da produção de biomassa, processamento e transporte de SAF. Isto assegura que os voos são completamente neutros, em termos gerais, de gases com efeito de estufa.

Esta ação é o primeiro passo de um esforço conjunto acordado entre as duas empresas para evitar a utilização de combustíveis fósseis na aviação. A partir do próximo verão, oferecerão regularmente um transporte aéreo neutro em termos de emissões.

Além disso, a DB Schenker e a Lufthansa Cargo iniciaram os seus primeiros voos neutros em termos de CO2, apelando aos expedidores, fornecedores de logística, transportadoras aéreas de carga e autoridades políticas para trabalharem em conjunto para expandir a produção e infraestruturas necessárias, com o objetivo de melhorar a disponibilidade de combustível de aviação sustentável.

Publicidade

LeaderPrice(GroupeCasino)

Aldi paga 683 milhões de euros por mais de 500 lojas do Casino

Coviran

Coviran lança campanha de TV centrada na amizade e proximidade aos seus clientes