in , , ,

CTT criam fundo de 4 milhões de euros para apoiar inovação nas PME e startups

Foto Shutterstock

Os CTT – Correios de Portugal criaram um fundo de investimento para apoiar atividades de inovação nas Pequenas e Médias Empresas (PME) e startups.

O Fundo de Inovação CTT, com dotação de quatro milhões de euros, visa investir em startups (seed, series A e growth) e PME, privilegiando a atuação em sectores alinhados com as prioridades de atuação dos CTT, nomeadamente, e-commerce, operações e logística, comunicações, fintech, retalho e publicidade.

Está também prevista a possibilidade de coinvestimento, com a abertura para eventuais parcerias com redes de investidores, para promoção de partilha de oportunidades de investimento. “A criação deste fundo é um passo natural no contributo que os CTT têm dado ao desenvolvimento da economia nacional e à manutenção das cadeias logísticas e ao apoio das empresas na evolução dos seus negócios, apoiando muitas empresas na transição digital. Este reforço da proposta de valor dos CTT junto do ecossistema nacional de inovadores complementa e reforça a nossa estratégia de liderança na promoção da digitalização e do comércio eletrónico das empresas portuguesas e permite-nos explorar sinergias com a inovação que já é desenvolvida pelos CTT, promovendo a ligação destas empresas ao negócio e às equipas internas, apoiando o desenvolvimento de pilotos com recurso a soluções destas empresas”, afirma João Bento, CEO dos CTT.

 

Acompanhamento

A operacionalização e acompanhamento destes investimentos será efetuada pelo programa de interação com startups dos CTT, o 1520 Startup Program, que desenvolve e apoia startups nacionais. O programa visa abrir as portas dos CTT ao respetivo ecossistema, procurando projetos que se enquadrem no seu negócio, potenciando áreas de colaboração conjunta e com os benefícios recíprocos que daí advêm. Desde a sua criação o programa já mapeou mais de 1.800 empresas, com 31 projetos atualmente em curso: 15 em parcerias comercias, 16 em projetos de cocriação e uma aquisição, a da Recibos Online.

O Fundo de Inovação CTT é integralmente financiado pelo Grupo e a sua gestão foi confiada à Iberis Capital.

Publicidade

Electrolux

Pandemia potencia procura de eletrodomésticos e vendas da Electrolux

Mango 3D

Mango cria nova coleção de acessórios sem desperdício