in

Continente entrega cabazes em 48 horas e oferece taxa de entrega a seniores

O Continente Online criou cabazes pré-definidos que são entregues em apenas 48 horas e, além da oferta da taxa de entrega (3,99 euros) aos clientes maiores de 65 anos, a Missão Continente juntou-se à Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) para ajudar os utentes em situação vulnerável ou de isolamento social a encomendar os mesmos via serviço de teleassistência.

Atualmente, está disponível no Continente Online um cabaz de bens essenciais de mercearia (20 artigos por 30 euros), outro de mercearia infantil (14 artigos por 21 euros) e a marca avança que, brevemente, haverá um cabaz de limpeza e higiene. As entregas são realizadas em dois dias úteis, para qualquer parte de Portugal Continental, e têm uma taxa de 3,99 euros, mas são gratuitas para clientes com mais de 65 anos. O Continente identificou estes clientes a partir do cartão Continente e procedeu ao envio de um código promocional alusivo a esta benefício. As encomendas podem ser pagas através de cartão de crédito, Paypal ou MBWay,  como qualquer outra compra Continente Online.

Para ajudar os mais de dois mil utentes seniores do serviço de teleassistência da CVP, que se encontram em situação de dependência (por doença, incapacidade ou isolamento social), a Missão Continente possibilita a encomenda destes cabazes via teleassistência, com oferta da taxa de entrega. Desta forma, elimina-se a necessidade de computador ou outro equipamento com acesso à Internet e até de ter conta cliente no Continente para fazer compras durante este período. Segundo Nádia Reis, diretora de Comunicação e Responsabilidade Social da Sonae MC, “esta parceria entre a Missão Continente e a CVP permite apoiar estes utentes que incluem idosos que se encontram em situação de vulnerabilidade, mas também pessoas plenamente autónomas que desejam sentir-se protegidas em casa, em contexto de isolamento social. Após realizarem a encomenda, e em apenas 48 horas, receberão os cabazes que necessitam no conforto das suas casas, sem terem de se deslocar”.

Já Susana Marques, secretária-geral da CVP, considera que “esta parceria ímpar com a Missão Continente revela-se crucial para a capacidade de resposta da Cruz Vermelha Portuguesa aos pedidos de apoio por parte dos nossos utentes de teleassistência, acentuado pelo período crítico em que nos encontramos. Recordo que o nosso serviço de teleassistência permite uma resposta imediata em situações de emergência, através do simples acionar de um botão pelo utente, e está disponível 24 horas por dia, 365 dias por ano, em todo o território nacional”.

Publicidade

Economia chinesa sofre primeira contração em 40 anos

Covid-19 vai impactar expectativas futuras quanto às entregas e devoluções