in ,

Como os Millennials imaginam as lojas do futuro?

Conselheiros virtuais ou inteligência artificial a fazer o atendimento numa loja (52%), novos métodos de pagamento (72%) ou de entrega de produtos (61%). Para os adultos com menos de 35 anos (Millennials), estes cenários podem tornar-se realidade nas próximas décadas.

De acordo com o Observador Cetelem Consumo Millennials 2018, 72% dos inquiridos desta geração consideram que, em 10 anos, quase tudo nas lojas físicas será afetado. O primeiro ponto será o atendimento, com 66% a temer que o contacto humano seja totalmente substituído. É que oito em cada 10 indivíduos desta geração valorizam os vendedores em loja, nomeadamente pelo seu acolhimento e amabilidade (79%), o aconselhamento e conhecimento dos produtos (72%) e a sua disponibilidade (71%).

Apesar de apreciarem este serviço e contacto, 52% dos Millennials admitem que os vendedores possam ser substituídos por conselheiros virtuais ou por inteligência artificial. Na próxima década, mudará também a forma como as lojas anunciam (61%), os serviços que oferecem (59%) e a forma como fornecem informações e conselhos (59%).

Os Millennials gostam de sentir e experimentar antes de comprar. A experiência positiva associada às lojas atuais faz com que as compras sejam consideradas, por muitos, como um momento de prazer. No entanto, esta geração tem esperança de que algumas mudanças aconteçam para dar uma resposta mais coincidente com as suas expectativas. A maioria das críticas que os Millennials fazem às lojas estão relacionadas com o tempo e com a simplicidade. Por serem uma geração fortemente digital, gostam da resposta instantânea, o que parece torná-los relativamente impacientes. Assim, 40% dos Millennials consideram que o tempo de espera em loja é demasiado e, por isso, um ponto negativo nos pontos de venda. A indisponibilidade do produto é referida por 34% dos inquiridos e as questões de acesso são um problema para 28%.

Outros aspetos a melhorar são pagamentos mais simples (61%), a possibilidade de reserva de estacionamento (55%) e serviços que deem assistência às famílias com filhos quando vão fazer as suas compras (49%). Por fim, para 76% dos Millennials, a estética das lojas é também um aspeto importante, sendo que, idealmente, devem ser bonitas e originais.

Publicidade

7UP refresca Revenge of the 90’s

Beefeater lança nova garrafa de edição limitada Be Beefeater Limited Edition