in ,

Carrefour lança primeiro blockchain alimentar da Europa

O Carrefour lançou o primeiro blockchain alimentar da Europa, designadamente para o frango Auvergne Filière Qualité Carrefour.

O grupo francês prevê alargar esta tecnologia a mais oito linhas de produto antes do final do ano, como, por exemplo, ovos, tomate, laranjas, salmão e carne.

Esta iniciativa enquadra-se no âmbito do plano de transformação Carrefour 2022 e consiste numa base de dados digital que não pode ser falsificada e onde se armazena toda a informação enviada pelos utilizadores, de modo a que os consumidores completem a rastreabilidade do produto. “Liderar a transição alimentar foi o objetivo que Alexandre Bompard definiu para o Grupo Carrefour. Fazer uso da tecnologia blockchain é um passo exemplar para alcançar este objetivo. É algo inédito na Europa e irá proporcionar aos consumidores uma garantia de transparência completa no que à rastreabilidade dos nossos produtos diz respeito”, explica Laurent Vallée, secretário geral e responsável de qualidade e segurança alimentar do Carrefour.

A tecnologia pode ser usada pelo sector alimentar, de forma a que cada elo da cadeia de valor (produtores, processadores e distribuidores) possam fornecer informação. Deste modo, aumenta a transparência para o consumidor e os produtores têm também mais uma forma de mostrar os seus produtos e conhecimentos.

O Carrefour será capaz de usar este sistema para, juntamente com os parceiros, garantir um nível mais elevado de segurança alimentar. Concretamente, cada rótulo terá um código QR que os consumidores poderão fazer o scan com os seus smartphones. Assim, poderão conhecer a jornada do produto, desde a produção até à prateleira da loja. No caso dos frangos Auvergne Filière Qualité, os consumidores poderão saber onde cada animal foi criado, quem foi o criador, de que foi alimentado, onde foi abatido, etc. 

Publicidade

Publicidade

Smurfit Kappa rejeita oferta de compra

Makro Chef cria o seu primeiro restaurante pop-up