in

Brother Iberia atinge volume de negócios histórico de 87,5 milhões de euros

Um crescimento de 8%

A Brother alcançou um volume de negócios recorde de 87,5 milhões de euros no seu último ano fiscal, graças a um crescimento de 8% na Península Ibérica (Espanha e Portugal).

Grande parte deste sucesso deve-se aos números recorde no segmento dos equipamentos multifunções laser A4, com uma quota de 24,6% em Portugal, de acordo com a IDC. Uma parte fundamental desta conquista é o reforço da sua carteira de produtos em áreas estratégicas, como a série de impressoras laser a cores L8000, lançada em novembro de 2023, “um sucesso que deverá continuar com o lançamento da nova série de impressoras laser monocromáticas da série L5000”. Estes produtos, juntamente com a atual série de impressoras laser a cores L9000, contribuíram significativamente para as elevadas quotas de mercado nas PME da Brother em Espanha e Portugal, proporcionando ao mesmo tempo novas oportunidades para o canal.

Estes números positivos são um reflexo do forte desempenho da marca na Europa, onde em janeiro último “alcançou a maior quota de mercado no mercado europeu de equipamentos laser“.

No domínio da etiquetagem profissional, a empresa incorporou a funcionalidade linerless como padrão na sua nova gama de impressoras de etiquetas TD-4D em junho de 2024, e planeia fazê-lo nos próximos meses com a sua gama TD2 nos próximos meses.

Estes resultados demonstram que a nossa estratégia está no bom caminho e sublinham o nosso compromisso com os nossos clientes e parceiros“, afirmou Carlos Hernández, CEO
da Brother Iberia. “A nossa filosofia At Your Side continua a ser o pilar fundamental que
garante a continuidade e o crescimento da nossa atividade, que para o próximo ano fiscal estimamos que seja de 3%. Estamos empenhados em fornecer produtos e serviços que satisfaçam e excedam as expectativas dos nossos clientes e esta abordagem centrada no cliente permitiu-nos, sem dúvida, adaptarmo-nos rapidamente às mudanças nas condições do mercado e manter uma vantagem competitiva“.

 

Crescimento nos sectores verticais

A Brother Iberia está também focada em aumentar a sua presença em sectores verticais específicos, como tem vindo a fazer até agora, através da etiquetagem automática, com um objetivo de crescimento de 15%. Esta aposta baseia-se na implementação, bem-sucedida, de soluções que respondam às necessidades específicas destes sectores, evidenciando a flexibilidade e adaptabilidade da Brother.

Em termos de Serviços de Gestão de Impressão (MPS), a empresa procura continuar a reforçar o seu negócio de contratos, tendo como objetivo que 50% dos seus equipamentos sejam adquiridos nesta modalidade, com um modelo que envolve uma estreita colaboração com o canal, complementando em tudo o que possa ser um desafio para este, como a dispersão geográfica ou a cobertura técnica. Isto favorece o crescimento mútuo, desenvolvendo oportunidades nos mercados com a modalidade de serviço para empresas de qualquer dimensão, desde as PME à administração pública.

O nosso crescimento sustentado no mercado da impressão laser e nos serviços de impressão geridos é um testemunho da nossa estreita relação com os nossos parceiros de canal“, afirmou José Ramón Sanz, diretor de Marketing de Produto da Brother Iberia. “Esta relação permite-nos crescer em conjunto e manter relações de longo prazo que são mutuamente benéficas. Temos investido significativamente na compreensão das necessidades dos nossos clientes e no desenvolvimento de soluções que respondam efetivamente a essas necessidades. Este investimento em tempo e recursos está de acordo com a nossa filosofia ‘At your side’ e posiciona-nos bem para futuras oportunidades de crescimento”.

 

Sustentabilidade

A sustentabilidade continua a ser um pilar central da estratégia da Brother Iberia, com foco na criação de produtos mais duradouros e na promoção da remanufactura de toners, sendo o primeiro fabricante do mundo a receber a certificação Blue Angel DE-UZ 177 revista para um dos seus cartuchos de toner remanufaturados. Obtida com base em normas rigorosas para produtos e serviços amigos do ambiente, demonstrou que a Brother pode remanufaturar cada toner com uma qualidade tão boa como a de um novo. Até à data, a Brother reciclou cerca de 40 milhões de cartuchos de toner originais e tem ambiciosos planos para aumentar este número, bem como para introduzir processos de remanufatura adicionais em toda a sua carteira.

A empresa comprometeu-se em reduzir as emissões de CO2 em 65% até 2030, alinhando-se com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030. Em 2022, a Brother evitou a emissão de mais de 34,4 toneladas de CO2 na Península Ibérica graças ao seu programa de remanufatura de toners, que envolveu 357 distribuidores e levou à devolução de 20.828 toners usados. Este programa, que implica que 100% dos toners sejam reutilizados ou reciclados e que nenhum seja depositado em aterros sanitários, teve um impacto positivo no ambiente e reforçou a relação da Brother com os seus parceiros de canal, que demonstraram um forte compromisso com práticas sustentáveis.

Além disso, a Brother continuará a apoiar a sua estratégia de economia circular, que promove o fabrico de produtos duradouros, a redução do consumo de energia e a reciclagem. As principais instalações de reciclagem europeias da empresa, no Reino Unido e na Eslováquia, foram acreditadas com zero resíduos para aterro desde 2013 e alcançaram a neutralidade de carbono. Estas instalações representam uma componente chave da estratégia de sustentabilidade da Brother, assegurando que os produtos são geridos de forma responsável e sustentável no final da sua vida útil.

Siga-nos no:

Google News logo

IPP Certificado

IPP Iberia compensa as emissões de CO2 das suas paletes pelo quarto ano consecutivo

Euronics

Prome passa a integrar a rede Euronics