in

Banco Alimentar recebe 65 toneladas de arroz resultado da reciclagem de cápsulas de café

O Banco Alimentar Contra a Fome vai receber, este ano, 65 toneladas de arroz, resultado da reciclagem de cápsulas de café Nespresso, no âmbito do projeto “Reciclar é Alimentar”.

Criado pela Nespresso em 2010, “Reciclar é Alimentar” é um projeto 100% português, que desde então já permitiu entregar 386 toneladas de arroz a esta instituição, o que equivale a mais de 7,5 milhões de porções de arroz doadas entre 2010 e 2016.

A Nespresso recolhe as cápsulas usadas e separa o alumínio da borra de café. Enquanto o alumínio segue o seu processo normal de reciclagem, a borra de café é integrada num composto agrícola utilizado para fertilizar terrenos de arroz localizados no Alentejo. O arroz que aqui cresce é depois processado, controlado e embalado por parceiros nacionais, para posterior doação ao Banco Alimentar Contra a Fome.

A entrega das cápsulas usadas pode ser feita em mais de 290 pontos de recolha, espalhados pelo país, incluindo boutiques, pontos de venda parceiros e rede Pick-up-Points, entre outros. No âmbito da estratégia de reciclagem, a Nespresso vai, inclusive, passar a recolher as cápsulas usadas para reciclar no momento da entrega de uma nova encomenda, efetuada por telefone.

Donald Trump contrata dois líderes mundiais do sector do grande consumo

Produtos alimentares impulsionam vendas a retalho