in

Auchan nega ter sido abordada pela Amazon

A Auchan afirma que não foi abordada pela Amazon sobre negócios ou parcerias na Europa, dadas as especulações que a multinacional ainda está a olhar para operações europeias.

O responsável da Auchan Retail, Wilhelm Hubner, também afirmou que a cooperação entre a retalhista francesa e a Alibaba se concentrará no mercado chinês, por enquanto.

A aquisição da Whole Foods Market, este ano, gerou uma onde de especulação de que a Amazon talvez esteja a examinar novos acordos na Europa, possivelmente envolvendo parcerias de logística com operadores de supermercados franceses. “Não. Não fomos abordados pela Amazon na Europa ou em qualquer outro país. Considero que a Amazon possui uma abordagem muito industrial do comércio, não muito humanizada. Essa não é a nossa visão e, portanto, não poderíamos ter iniciado discussões“, disse Wilhelm Hubner.

O gestor pronunciou-se depois de a Alibaba anunciar um investimento de 2,9 mil milhões de dólares (2,47 mil milhões de euros) na aquisição de uma participação no maior operador de hipermercados da China, Sun Art Retail Group, uma subsidiária da Auchan, como parte de um impulso mais amplo no retalho offline. “Esta parceria é para a China e a prioridade é torná-la um sucesso. O futuro informará se haverá outras parcerias (com a Alibaba) noutros países“, reforçou o diretor da Auchan Retail.

Wilhelm Hubner acrescentou, no entanto, que a Alibaba estava interessada em adquirir produtos franceses, italianos e espanhóis através da Auchan para as suas plataformas digitais e para o mercado chinês.

A Auchan está presente na China desde 1998. O país é o seu segundo maior mercado e representa 30% das vendas anuais da Auchan Retail, no total de 52 mil milhões de euros.

Publicidade

Amazon prestes a abrir em pleno o primeiro espaço da insígnia Go

Especialista em marcas próprias expande-se para Portugal