ASAE
in

ASAE fiscaliza 158 operadores económicos e instaura 66 processos em Operação Calambria

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) realizou, através da Unidade Regional do Centro, uma operação de fiscalização denominada Operação Calambria, no âmbito das suas competências de fiscalização de segurança alimentar e económica, direcionada a estabelecimentos com atividades diversas, nomeadamente, talhos, peixarias, restauração e bebidas, mercearias, padarias, garrafeiras, frutarias, minimercados, retalhistas de artigos de vestuário e de decoração, floristas, lavandarias, óticas, oficinas, ginásios e drogarias, no concelho de Vale de Cambra.

Como balanço da ação, foram fiscalizados 158 operadores económicos, tendo sido instaurados 66 processos de contraordenação, destacando-se, como principais infrações, a falta de requisitos de higiene, a falta rotulagem em produtos cárneos e hortofrutícolas, a falta de afixação de preços em montras, a falta de implementação de plano HACCP, falta de mera comunicação prévia, a existência de extintores com prazo de validade ultrapassado, a falta de tabela de preços, incumprimentos diversos relativos ao livro de reclamações, entre outras.

 

Apreensões

Foram apreendidos cerca de 200 quilogramas de géneros alimentícios (produtos cárneos, hortofrutícolas e azeitonas) por falta de rotulagem e uma balança por falta de controlo metrológico, num valor aproximado de 1.400 euros.

De referir ainda a suspensão de dois estabelecimentos, designadamente um talho e uma mercearia, por falta de requisitos de higiene.

Siga-nos no:

Google News logo

negócio

Aumentar a produtividade das pequenas empresas equivale a 4,4% do PIB nacional

Compal Origens Marmelo do Alentejo

Compal Origens Marmelo do Alentejo com fruta exclusiva de formanda da Academia do Centro de Frutologia Compal