in , ,

Amazon entra nos lares com a compra da Ring

A Amazon deu um passo firme na sua aposta no negócio da domótica com a aquisição da empresa norte-americana Ring.

Sediada em Santa Mónica, na Califórnia, a Ring dedica-se ao fabrico e comercialização de videoporteiros, câmaras e acessórios de segurança. Fundada em 2012, por Jamie Siminoff, ficou conhecida pela campainha Wi-Fi para portas de entrada DoorBot, hoje chamada Ring DoorBot, que permite ao utilizador ver e falar com o visitante através de qualquer aplicação móvel.

A empresa que iniciou a sua atividade numa garagem, com um investimento inicial de 8.216,25 euros poderá vir a receber cerca de 821.625,17 euros (um milhão de dólares) da Amazon.

A Ring emprega hoje 1.300 pessoas e conta com um portfólio de 10 produtos que são vendidos em 16 mil lojas em todo o mundo. Na Europa, a sua rede comercial está centralizada em Amesterdão, na Holanda. Desde que surgiu, recebeu já o financiamento de mais de 164,33 milhões de euros por parte de grandes investidores, como a Goldman Sachs Investments Partners, a Qualcomm Ventures ou o multimilionário britânico Richard Branson, fundador do Grupo Virgin.

O investimento por parte da Amazon enquadra-se na sua estratégia de reforço do negócio da domótica e, sobretudo, das entregas ao domicílio, já que as soluções da Ring permitiriam gerir essa mesma entrega sem que o utilizador estivesse em casa. Os dispositivos Ring são compatíveis com o assistente de voz da Amazon, o Alexa, assim como com as suas colunas inteligentes Echo.

Publicidade

JD.com compra participação em empresa de retalho chinesa

Nestlé e Santini unem-se em parceria exclusiva