in ,

Amazon entra no negócio do transporte marítimo

A filial chinesa da Amazon registou-se como empresa de transporte marítimo.

Deste modo, a Amazon poderá subcontratar espaço de carga a armadores, poupando custos de envio e rentabilizando ao máximo o espaço da mercadoria transportada.

A empresa de Jeff Bezos pode, ao mesmo tempo, prestar serviços a outras empresas. Uma das vantagens que a Amazon irá colher, segundo o El Mundo, é contactar de forma ainda mais direta com fabricantes e produtores chineses, amortizando melhor os canais de distribuição e permitindo reduzir uma das faturas mais pesadas para a empresa. Só em 2014, a nível mundial, os custos de envio da Amazon ascenderam a mais de 4.200 milhões de dólares.

Já os produtores chineses poderão aproveitar os canais de distribuição da Amazon e chegar ao mercado norte-americano com melhores preços.

Publicidade

Walmart encerra centenas de lojas

Dona do whisky Jack Daniel’s vende marcas Southern Comfort e Tuaca