in

Alibaba e JD.com aceleram planos de abertura de lojas físicas na China

Os gigantes do comércio eletrónico Alibaba e JD.com estão num duelo para abrir o maior número de supermercados físicos na China, depois de superarem o pior momento da pandemia de Covid-19. Só no mês passado, o Alibaba abriu 21 novas lojas Freshippo, enquanto a JD.com fez o mesmo com 14 lojas Seven Fresh.

De acordo com a IGD, os 21 novos pontos de venda Freshippo incluem 19 supermercados Freshippo e dois Freshippo Mini. “A abertura de lojas em dezembro foi a mais rápida da história da nossa empresa”, reconheceu um porta-voz da rede.

Por sua vez, as 14 lojas que a JD.com abriu incluem as marcas Seven Fresh e Seven Fresh Life. As novas inaugurações ocorreram em Pequim, Tianjin, Tangshan, Langfang, Guangzhou e Huizhou.

 

Expansão

Esta corrida entre os dois gigantes online para abrir lojas físicas na China também é uma corrida para estabelecer uma âncora sólida em cidades menos desenvolvidas. O principal desafio para o Alibaba e para a JD.com é adaptar o seu modelo operacional de sucesso em grandes cidades, como Pequim e Xangai, para áreas menos povoadas.

Esse desafio manifesta-se por meio de muitos fatores, que vão desde a atitude do comprador, os hábitos de compra, a frequência de visitas, o nível de gastos, as preferências locais, até à rede de fornecedores, o Blockchain e a logística.

Publicidade

Dachser

Dachser une-se à DWV para estimular tecnologias de hidrogénio

H&M

H&M está a criar um provador virtual