in

Adega de Monção fixa salário mínimo acima do valor anunciado pelo Governo

A Adega de Monção fixou o salário mínimo, para 2020, em 700 euros, 10% acima do valor anunciado pelo Governo. 

Este valor representa um aumento de cerca de 7,7% em relação a 2019, ano em que a Adega de Monção já tinha fixado o salário mínimo em 650 euros. Esta medida tem efeitos retroativos a 1 janeiro de 2020. 

O aumento do salário mínimo além do valor fixado pelo Governo integra um conjunto de benefícios que a Adega de Monção tem vindo a implementar no sentido de “contribuir para a satisfação global dos nossos colaboradores, bem como de recompensar os mesmos pelo excelente desempenho e dedicação”, destaca Armando Fontainhas, presidente da direção. A Adega de Monção conta atualmente com cerca de três dezenas de colaboradores

MO reforça oferta com novos modelos Adidas

Surto de coronavírus está a afetar exportações agroalimentares para a China