in ,

Upfield Professional ajuda canal Horeca a responder à crescente procura de alimentos à base de plantas

Chef Matías Gonzalez

A Upfield, a maior empresa de alimentação vegetal do mundo, responsável por marcas como Vaqueiro, Planta, Becel e Violife, tem vindo a apoiar o canal Horeca através do portfólio de produtos à base de plantas do seu departamento profissional.

Desenvolvidos e testados com a ajuda de chefs, a empresa cria cremes vegetais, óleos vegetais para fritura e alternativas vegetais às natas e ao queijo, que podem ser utilizados em todos os tipos de receitas e servidos a todos os consumidores, simplificando o processo culinário.

 

Dieta veggie

Segundo um estudo recente da consultora Lantern, 12% dos portugueses segue já uma dieta veggie (vegan, vegetariana ou flexitariana) e 41% tem vindo a reduzir o consumo de alguns produtos animais, como carnes vermelhas e enchidos, estando muitos consumidores com dietas omnívoras abertos a provarem alternativas vegetais aos produtos animais.

Esta alteração de hábitos de consumo vem trazer novos desafios a chefs e pasteleiros. “Os nossos produtos, pretendem ser soluções práticas, que ajudem a facilitar o trabalho dos chefs nas cozinhas profissionais, mantendo a qualidade e o sabor dos pratos confecionados e ajudando a que os mesmos se adaptem às novas tendências de mercado. No nosso portfólio, temos marcas muito conhecidas e antigas como Vaqueiro, Planta ou Becel, mas investimos também na inovação com o desenvolvimento de produtos vegetais diferenciadores e que dão resposta às novas necessidades de consumo. A nossa mais recente aposta é a marca Violife, uma gama de queijo de origem vegetal, um produto que pode ser utilizado por chefs e pasteleiros e que já conta com clientes de entre algumas das mais importantes marcas de restauração em Portugal, como a Telepizza e a Pizza Hut”, afirma Luís Fonseca, líder ibérico da Upfield Professional.

 

Alternativas vegetais

O facto de estes produtos poderem ser utilizados em diferentes dietas alimentares e de terem a mesma performance e aplicações que os equivalentes de origem animal lhes confere um valor acrescido, que é cada vez mais reconhecido e valorizado pelos profissionais.  Quem o diz é o chef Matías Gonzalez, que já trabalhou em restaurantes com estrelas Michelin e é atualmente chef executivo da Upfield Ibérica. “Temos cremes vegetais de marcas como Planta, Becel ou Vaqueiro desenvolvidos especificamente para fritar sem salpicos, para pastelaria profissional ou para terem a textura e sabor ideais para barrar no pão. As alternativas vegetais às natas Vaqueiro, Flora Plant e Rama foram testadas e apresentam maior estabilidade e rendimento, tanto batidas como aquecidas, e as alternativas ao queijo Violife estão disponíveis em vários formatos e sabores para poderem substituir o queijo tradicional de origem animal em todas as aplicações”.

Em 2022, além do contributo de Matías Gonzalez, a Upfield Professional contará também com a experiência da chef Ana Viçoso, CEO da Lisbon Cooking Academy. Ambos vão realizar showcookings e desenvolver receitas posteriormente partilhadas no website e redes sociais da Upfield Professional Portugalpara que os profissionais Horeca possam aprender mais sobre alimentação à base de plantas e inspirar-se para criar menus.

Publicidade

Raiz

Crowdfunding para a primeira horta vertical da Raiz em Lisboa

Milka Choco Finas

Milka apresenta as novas bolachas Choco Finas