in

Toys ‘R’ Us assegura financiamento de 3,1 mil milhões de dólares

Num voto de confiança dos seus principais credores, a Toys ‘R’ Us assegurou um importante financiamento, mesmo a tempo da crucial época de vendas do Natal.

A retalhista de brinquedos anunciou que recebeu 3,1 mil milhões de dólares, montante que será destinado ao apoio das operações durante o processo de reestruturação. O financiamento veio de um grupo de investidores liderado pela JP Morgan.

Este montante irá também proporcionar fundos adicionais para investir em várias iniciativas, incluindo a modernização e renovação das lojas ao nível do layout, iluminação e outras áreas. A Toys ‘R’ Us também pretende atualizar o seu site e infraestrutura de comércio eletrónico, de modo a melhor refletir a marca.

Recorde-se que a Toys ‘R’ Us apresentou o pedido de insolvência nos Estados Unidos e no Canadá, no meio de um processo de reestruturação da sua dívida, superior a quatro mil milhões de euros. A empresa garantiu que os negócios na Europa, incluindo o português, e na Austrália, assim como um empreendimento conjunto na Ásia, não estão em risco.

A cadeia de retalho teve, durante muitos anos, o controlo quase total da venda de brinquedos, mas ultimamente tem sofrido com a diminuição da procura devido à concorrência da Amazon, Target e Walmart. Segundo um estudo da Global Data Retail, em 2016, 13,7% das compras de brinquedos foram feitas através da Internet, mais 6,5% do que há cinco anos. Só no ano passado, a Amazon aumentou em 24% as suas vendas de brinquedos.

A reestruturação da dívida permite à Toys ‘R’ Us ganhar flexibilidade e tempo para melhorar as vendas no segmento online, relançar o segmento de brinquedos para bebés e apostar em produtos que não são habitualmente vendidos na Amazon, como os berços.

Publicidade

Alibaba entra no território da IKEA

Lidl vai instalar centro de distribuição e logística em Santo Tirso