in

Plus começa a vender kits de refeições nas suas lojas

Amazon, Lidl, Albertsons, Walmart e, agora, o Plus. São cada vez mais os retalhistas que querem entrar no mercado dos kits de refeição.

Na Holanda, o Plus começou a colaborar com a Hello Fresh num projeto piloto de três meses, em que os kits de refeição desta estarão disponíveis em cinco lojas. As opções disponíveis são carne, peixe e vegetariano e, a cada semana, as caixas mudam. O preço é de 9,95 euros.

Com esta parceria, o Plus pretende oferecer conveniência e escolha aos consumidores e reforçar o seu posicionamento no âmbito da comida saudável e de qualidade. Já para a Hello Fresh, o teste com o Plus permite determinar se os supermercados são um bom complemento às entregas ao domicílio, modelo tradicionalmente seguido pela empresa, que envia todos os meses 13 milhões de refeições a nível mundial. Tanto o Plus como a Hello Fresh têm elevadas expectativas neste teste, que será avaliado no final do ano.

No mercado holandês, o Plus será o único retalhista a comercializar os kits da Hello Fresh. Mas esta não é a primeira parceria que esta empresa estabelece com um retalhista. Em março, anunciou um acordo com a Sainsbury’s no Reino Unido, mercado onde a Tesco e a Waitrose também experimentaram o seu próprio serviço. No caso desta última, a iniciativa foi abandonada por falta de interesse dos consumidores. Na zona do Benelux, são conhecidas as iniciativas de Albert Heijn, Carrefour, Delhaize e Colruyt.

Este é um mercado cada vez mais apetecível para os retalhistas, que estão também a apostar na compra de empresas especialistas nesta área. Foi o que fez recentemente a Albertsons. No ano passado, só nos Estados Unidos, os retalhistas venderam 81 milhões de dólares em kits de refeição.

Publicidade

Exportações

Exportações de frutas, legumes e flores sobem 23% até junho

Global Wines estabelece parceria operacional com a Quinta do Cerrado