in

Pandemia provoca queda de 14% nas lojas físicas

Foto Shutterstock

A eMarketer decidiu rever os seus últimos estudos e previsões quanto à evolução do comércio, estimando que a pandemia irá provocar uma diminuição de 10,5% no gasto total no retalho e de 14% no que às lojas físicas diz respeito.

No início do ano, a empresa antecipava que as vendas a retalho totais nos Estados Unidos da América iriam crescer 2,8%, para os 5.621 biliões de dólares, o que agora é revisto muito em baixa.

Em contrapartida, o e-commerce ultrapassa as expectativas, com um crescimento de 18%, para os 709,78 mil milhões de dólares.

Maior congelamento dos gastos em décadas

De acordo com Cindy Liu, com a queda de 10,5% agora estimada, trata-se do maior congelamento dos gastos do consumidor, em décadas, no mercado norte-americano. “Em apenas algumas semanas, enquanto os norte-americanos se refugiavam nas suas casas, as vendas a retalho caíram drasticamente em março. Alcançando o valor mais baixo do ano no segundo semestre, serão precisos vários anos para que a atividade do consumidor regresse a níveis normais”.

Publicidade

Amazon

Amazon prepara-se para lançar plataforma para marcas de luxo

Vinho

Consumidor disposto a pagar mais por um vinho biológico