Lisboa Zero App
in

Lisboa é piloto da nova plataforma digital de combate ao desperdício da Comissão Europeia

O Dia Internacional de Consciencialização sobre Perda e Desperdício de Alimentos, celebrado no dia 29 de setembro, marcou o lançamento da plataforma digital Lisboa Zero, disponível em www.lisboazero.app, uma aplicação colaborativa que tem como missão o combate ao desperdício alimentar, promovida pela Comissão Europeia, através do programa FORCE- Cities Cooperating for Circular Economy, tendo Lisboa como a primeira cidade de lançamento.

Esta plataforma é desenvolvida pela Addapters.com, uma agência de design, inovação e transformação digital portuguesa, com representação em Portugal e nos Estados Unidos, que participa também no projeto FORCE, um consórcio internacional compostos por diversas empresas, organizações, universidades e centros de investigação de quatro cidades: Lisboa, Génova, Hamburgo e Copenhaga. O ponto de partida para o desenvolvimento foi o modelo Zero Desperdício, da DARIacordar – Associação para a Recuperação do Desperdício, que também integra este consórcio internacional.

O grande desafio foi partir de um modelo operacional que hoje já é um sucesso em todo o país, com mais de 10 milhões de refeições doadas, o Zero Desperdício da DARIacordar. Este é um movimento que acompanhamos desde o primeiro minuto de lançamento, mas que era ainda muito manual e teríamos que transformá-lo digitalmente, tornando-o mais simples e mais escalável para as diversas cidades e realidades, nacionais e internacionais. Para além disso, a nossa abordagem é sempre focada na relevância, experiência e relação, por isso, quisemos ir um pouco mais longe e, sobre a camada operacional, associámos uma plataforma de conteúdos para as famílias e empresas, reforçando a urgência de mudarmos os nossos comportamentos, de adotarmos comportamentos zero”, refere Valdemar Pires, CMO e fundador da Addapters.com.

 

Novas cidades

O foco da comunicação desta nova plataforma digital é o “Zero pode ser mais” e terá associada uma campanha digital de consciencialização.

Apesar do ponto de partida e o primeiro território ser a cidade de Lisboa, o objetivo é levar mais longe a nova plataforma, para novas cidades, a nível internacional, tendo já sido apresentada no ZERO WASTE FESTIVAL 2020, em Berlim, na Alemanha. “A nossa presença internacional ajuda-nos também a levar mais longe esta visão e esta plataforma. Os conceitos de transformação digital, ‘smart cities’ e colaborações são hoje a chave de qualquer estratégia de sustentabilidade”, esclarece ainda Valdemar Pires.

Zero

Publicidade

turismo

Turismo: Pedidos de reembolso aumentam 342% em tempo de pandemia

One chega a Portugal