in

Kid to Kid abre oficialmente em Espanha

A Kid to Kid, que possui atualmente 23 lojas em Portugal, em regime de franchising, inaugura, oficialmente, a primeira loja em Espanha. Os habitantes de Madrid já podem visitar a loja de Las Tablas.

O ponto de venda, de mais de 170 metros quadrados, serve a população circundante, que tem uma forte concentração de população jovem com filhos, empresas e serviços, e tem aproximadamente 10 mil artigos expostos. “Este é um passo muito importante na vida Kid to Kid. A abertura da loja de Madrid é a concretização de uma ideia que tem vindo a desenvolver-se ao longo de vários anos e que agora ganha vida. É quase como a realização de um sonho. Para os visitantes da loja, posso garantir que terão diversidade e preços competitivos nos produtos e simpatia e profissionalismo no atendimento. Estas são as premissas que orientam o conceito da marca e que agora transpomos para a loja de Las Tablas”, diz Paulo Frias Costa, Master Kid to Kid para Portugal e Espanha.

Além da compra e venda de artigos de criança dos 0 aos 12/14 anos de idade, a Kid to Kid permite a troca de artigos. Desde que esteja em bom estado de conservação, o cliente pode vender o item de imediato e fazer crédito na loja (ganhando mais 20%) e comprar qualquer outro produto que necessite. Caso não deseje de imediato realizar a compra, o valor dos artigos vendidos ficará como crédito ou pode simplesmente vender e reaver imediatamente em dinheiro. “Este conceito apresenta-se como uma real mais-valia para as famílias, pois todos ganham. Ganham ao adquirirem artigos das melhores marcas a preços até menos 70% do valor original e também ao venderem os seus artigos, recuperando parte do seu investimento”, reforça Paulo Frias Costa.

A loja de Madrid – Las Tablas funciona de segunda a sábado, das 10 às 20 horas, e está disponível para comprar e vender roupa, calçado, brinquedos, artigos de puericultura e outros artigos de bebé e criança dos 0 aos 12/14 anos.

Publicidade

“Low cost” dos eletrodomésticos prossegue expansão europeia

BlackBerry vai deixar de fabricar smartphones