in

José Maria da Fonseca planeia expandir-se para novos mercados

A José Maria da Fonseca planeia expandir-se este ano para novos mercados, nomeadamente na Ásia, Europa de Leste e Médio Oriente. Se em Portugal o objetivo passa por criar mais valor num mercado muito competitivo como o do vinho, lá fora a comunicação das regiões e das castas portuguesas é o principal desafio.

2018 foi um ano positivo para a produtora sedeada em Azeitão. No mercado nacional, a venda das marcas JMF, Periquita, BSE e José de Sousa apresentou um crescimento “relevante”. Para 2019, no on e off trade, os objetivos passam por continuar a crescer em valor, mantendo a trajetória verificada nos últimos anos e para a qual contribuiu a criação da José Maria da Fonseca Distribuição, que opera desde 2015.

Em 2018, os principais mercados de exportação da José Maria da Fonseca foram o Brasil, a Suécia, a Itália, o Canadá e os Estados Unidos da América, embora a China, a França, o Luxemburgo e a Holanda também tenham tido um crescimento contínuo.

Os desafios para este ano estão traçados, segundo a diretora de exportação Renata Abreu. “O futuro nas nossas exportações passa pelo trabalho contínuo de prospeção e alargamento da representação das nossas marcas em mercados já existentes, mas também pela expansão para novos mercados. Planeamos expandir-nos para a Ásia, Europa de Leste e Médio Oriente, dado que somos produtores de vinhos sem álcool e podemos ter uma oferta diferenciadora em mercados onde há restrições ao consumo de bebidas alcoólica”.

Periquita, Lancers e Albis, com venda exclusiva para o mercado do Canadá, foram as três marcas mais exportadas pela José Maria da Fonseca, sendo o Periquita Reserva a referência com o maior crescimento nos últimos anos.

Participação em feiras do sector, realização de provas de degustação, visitas aos mercados de exportação, iniciativas nos pontos de venda e comunicação através das redes sociais são algumas das ações previstas pela José Maria da Fonseca para promover e divulgar os seus vinhos, durante este ano.

Publicidade

Publicidade

Ferrero na corrida para a compra da marca de bolachas Arnott’s

Zippy lança primeira coleção sem género