Pepco
in

Grupo Pepco quer entrar em todos os mercados da Europa

O Grupo Pepco, dono da retalhista britânica Poundland, tem como meta a inauguração de 400 lojas, em toda a Europa, no ano fiscal de 2020-2021, à medida que expande a sua marca PEPCO além da Europa Central e de Leste.

O grupo abriu 327 novas lojas no ano de 2019-2020, totalizando 3.021 pontos de venda em 15 países. A marca PEPCO entrou na Europa Ocidental, pela primeira vez, em Itália e planeia a sua primeira incursão em Espanha, em abril ou maio.

O presidente-executivo, Andy Bond, confirmou que as suas cinco lojas abertas em Itália têm tido um bom desempenho.  “Isso deu-nos muita confiança de que, agora, podemos começar a construir a PEPCO na Europa Ocidental e expande a nossa oportunidade de mercado de cerca de 100 milhões de pessoas para cerca de 500 milhões de pessoas“, disse à Reuters.

Para ilustrar ainda mais o potencial da marca, o gestor observou que o grupo tem mais de mil lojas PEPCO na Polónia, que tem uma população e PIB significativamente menores do que Itália ou Espanha.

A empresa, que também possui a marca Dealz na Europa, mas não comercializa online, já abriu mais de 100 das 400 novas lojas previstas neste exercício financeiro.

 

Opções estratégicas

O Grupo Pepco faz parte do conglomerado sul-africano Steinhoff. Desde 2019, a Steinhoff e os seus credores têm avaliado uma gama de opções estratégicas para o grupo, incluindo uma possível listagem pública, venda de capital privado ou venda comercial.

Este processo foi atrasado pela pandemia, mas entretanto retomado. “O negócio estará à venda no momento certo. É um caso de quando e não se“, acrescentou Andy Bond.

embalagens

Consumidores entregam 12 milhões de embalagens de bebidas

UE

Comércio mundial de mercadorias regista forte recuperação