in

Continente de Vila Real reinaugurado com investimento de 14 milhões de euros

Com um investimento de 14 milhões de euros, o Continente de Vila Real está agora totalmente remodelado, com 4.575 metros quadrados de área de venda, 25 caixas no hipermercado, as lojas  ZU, Note, Well’s, Dr. Well’s, Worten Mobile, Worten, MO e Bagga e mais lugares de estacionamento.

O evento de reinauguração decorreu com a presença do presidente da Câmara Municipal de Vila Real, Rui Santos, o CEO da Sonae MC, Luís Moutinho, e vários convidados da região.

Segundo Luís Pereira, diretor do Continente de Vila Real, “estamos muito entusiasmados com a remodelação do Continente de Vila Real, que está agora maior e mais moderno, para poder corresponder às necessidades dos nossos clientes e amigos. Convidamos a visitarem-nos e a conhecer os novos serviços que apresentamos, além das campanhas em vigor. A equipa de mais de 150 profissionais desta loja está entusiasmada e empenhada em prestar o melhor serviço aos nossos clientes, com a maior variedade e ao melhor preço”.

A fachada do novo Continente de Vila Real é da autoria do arquiteto local Belém Lima, que incorporou referências da cidade neste projeto, nomeadamente o doce tradicional Cristas de Galo. Em termos de sustentabilidade ambiental, a utilização de painéis fotovoltaicos no estacionamento permite canalizar a energia solar para abastecer o edifício.

Além das preocupações ambientais, nesta modernização foi também assegurada a melhoria das condições de segurança, saúde e bem-estar de todos os colaboradores, pelo que se investiu na renovação de todas as áreas sociais, bem como na componente operacional.

Com capacidade para 587 lugares de estacionamento, o Continente de Vila Real imprimiu ainda melhorias significativas na paisagem urbana local e nos acessos à superfície comercial que está há 29 anos neste local.

Aberta, diariamente, das 8 às 22 horas, os consumidores têm vários produtos frescos e da época sempre disponíveis, desde as frutas e legumes, à padaria, talho e peixaria, bem como o serviço de take-away.

 

Continente

 

Sustentabilidade

A pensar no combate ao desperdício alimentar, os clientes podem encontrar à venda caixas 0% desperdício, com cinco quilogramas de frutas e legumes em boas condições de consumo, mas próximos do limite da sua vida útil, por 50 cêntimos o quilograma.

Na vertente ambiental, há ainda a destacar a disponibilização de equipamentos onde os consumidores podem depositar óleos alimentares usados, pilhas usadas e rolhas de cortiça, que serão posteriormente levados para reciclagem. Ao nível da iluminação, a loja dispõe de lâmpadas de baixo consumo, 100% LED e ainda de equipamentos de controlo e redução de potenciais consumos excessivos de água.

Publicidade

mercadona

Mercadona inicia teste com um camião 100% elétrico

Mimosa

Mimosa lança nova manteiga sem lactose