in

Coca-Cola cresce acima das expectativas

As vendas de bebidas menos calóricas e a subida dos preços ajudaram a Coca-Cola a superar as projeções de ganhos de Wall Street.

Nos primeiros nove meses do ano, o lucro líquido da multinacional norte-americana aumentou 48% face ao mesmo período do ano passado, para os 5.190,48 milhões de euros. No terceiro trimestre, o crescimento foi de 30%, para os 1.644,16 milhões de euros.

A Coca-Cola aumentou os preços na América do Norte para compensar os maiores custos de importação e transportes e reportou um crescimento de dois dígitos no volume de vendas da Coca-Cola Zero Sugar. As vendas de bebidas com gás aumentaram 2%, impulsionadas pelas da Coca-Cola e versões sem açúcar da Fanta e Sprite. Já as vendas de água e bebidas desportivas cresceram 5%, catalisadas pelo forte desempenho dos mercados chinês e mexicano.

Estes ganhos foram mitigados pela descida de 3% nas vendas de sumos, lacticínios e bebidas à base de plantas, principalmente no Médio Oriente e Norte de África, assim como pela queda no chá e no café.

Publicidade

Publicidade

49% dos portugueses asseguram que fazem poupanças

Produção de vinho em 2018 será uma das mais altas dos últimos 18 anos