in

Bel quer iniciar produção de leite biológico nos Açores

A Bel quer iniciar no próximo ano um projeto-piloto de produção de leite biológico nos Açores, anunciou a diretora geral da empresa em Portugal, Ana Cláudia Sá, após uma reunião com o secretário regional da Agricultura e Florestas, João Ponte. “Nos Açores ainda não há leite biológico, mas estamos a trabalhar nisto. No país existem umas situações muito pequenas, mas não têm o potencial que a região tem“.

A gestora explica que para cada produtor são necessários, no mínimo, dois anos para a reconversão. Ana Cláudia Sá adiantou que o Governo regional e a Bel estão a trabalhar em conjunto, nomeadamente na forma como será feita esta reconversão, para evitar desequilíbrios a curto prazo, já que o processo implica alterações em termos da pastagem e das unidades fabris. “Estamos a trabalhar como incentivar este tipo de produção, que vai dar origem a um leite muito mais valorizado, que dá mais lucro ao produtor e às indústrias“, explicou. Para produzir leite biológico, um produtor não pode colocar nem fertilizantes, nem pesticidas nos solos, nem pode usar nada que seja processado quimicamente.

O projeto visa criar um produto diferenciado e com uma elevada procura na Europa. “Atualmente, a produção biológica em França é cerca de 3% do total de produção de leite e há uma procura enorme”.

Depois da aposta no programa Leite Vacas Felizes, lançado em janeiro de 2015 e que representa já cerca de 25% da produção da Bel, sendo “um leite muito valorizado e, em particular, pelo consumidor português“, a produção de leite biológico assenta numa estratégia de valorização do leite açoriano. O secretário regional da Agricultura realçou que a aposta na produção de leite biológico é estratégica para os Açores, pelo potencial natural das ilhas, pela captação de novos mercados e pela criação de mais riqueza para agricultores e indústria. “Não vamos pensar que nos Açores todos vão enveredar pelo biológico, mas existem muitos produtores que têm conduções para evoluir para a produção biológica”.

Os primeiros pacotes de leite biológico dos Açores deverão estar disponíveis em 2020.

Publicidade

Acionistas querem retirar Sumol + Compal da bolsa

Preços vão subir devido à seca