in

Alipay vai ajudar 10.000 empresas europeias a chegar a mais de 2.000 milhões de consumidores

A plataforma de pagamentos do Grupo Alibaba, o Alipay, quer apoiar 10 milhões de pequenas e médias empresas europeias nos próximos cinco anos, através de uma tecnologia que permitirá vender a mais de dois mil milhões de consumidores potenciais, que viagem para a Europa.

A estratégia de apoio às pequenas e médias empresas europeias passa por uma maior colaboração com o líder europeu em meios de pagamento e serviços transacionais, a Worldline, assim como por uma nova iniciativa orientada para lojas localizadas em aeroportos de todo o mundo, através de mini programas integrados na aplicação do Alipay. “O nosso objetivo é melhorar a forma como as pessoas e as empresas compram, vendem e recebem os pagamentos e, para fazê-lo, necessitamos de aproveitar a força das nossas associações. O nosso crescimento apenas foi possível graças à rede de parceiros que estabelecemos e, trabalhando juntos, faremos com que seja mais fácil a qualquer pessoa fazer negócios em qualquer lugar”, afirma Eric Jing, presidente da Ant Financial, a filial do Alibaba através da qual o Alipay opera. “As nossas soluções inovadoras continuarão a ajudar os comerciantes europeus a melhor servir o crescente número de turistas, assim como os compradores de comércio eletrónico que viajam até à Europa vindos de todas as partes do mundo”.

Segundo a Statista, o Alipay é o serviço de pagamentos digitais mais popular na China. 87% dos inquiridos com idades compreendidas entre os 18 e os 69 anos usam o Alipay para cobrir as suas necessidades financeiras.

De acordo com um estudo da Nielsen, 93% dos turistas chineses estariam dispostos a fazer compras através dos seus dispositivos móveis e até aumentariam os gastos se lhes fosse oferecida a possibilidade de pagar com Alipay. Ao mesmo tempo, 60% dos retalhistas inquiridos asseguraram ter tido um crescimento nas visitas aos seus estabelecimentos, assim como nas receitas.

Atualmente, o Alipay colabora com mais de 120 instituições financeiras na Europa.

EPAL e Delta abrem espaço pop-up em Lisboa em prol da sustentabilidade

60% dos consumidores europeus já compram através da Internet