in

Alibaba investe 1,63 mil milhões de euros na Lazada para acelerar desenvolvimento do e-commerce

O Grupo Alibaba vai injetar mais 1,63 mil milhões de euros no operador online Lazada, como parte dos seus esforços para acelerar o desenvolvimento do e-commerce no sudeste asiático.

Com este novo investimento, aprofunda-se a integração da Lazada no ecossistema da Alibaba, elevando para 3,26 mil milhões de euros o montante direcionado a esta plataforma.

Em 2016, a Alibaba adquiriu o controlo da Lazada com um investimento de 810 milhões de euros e elevou a sua participação para 83% em 2017, com um investimento na mesma proporção. “O investimento sublinha a confiança da Alibaba no sucesso futuro do negócio da Lazada e nas perspetivas de crescimento do mercado do sudeste asiático, uma região fundamental para a sua estratégia de crescimento global”, refere a empresa liderada por Jack Ma, em comunicado.

Além do reforço da aposta na Lazada, a Alibaba anunciou que aquela terá um novo CEO. Lucy Peng, cofundadora da Alibaba substituirá Maximilian Bittner, em funções desde 2012, que vai agora assumir um cargo de consultor sénior no gigante chinês da tecnologia.

Com uma população jovem, elevada penetração móvel e apenas 3% das vendas a retalho a serem feitas online, a Alibaba tem elevadas expectativas para a região do sudeste asiático. Lançada em 2012 e sediada em Singapura, a Lazada lidera o e-commerce na região, estando presente na Indonésia, Malásia, Filipinas, Tailândia e Vietname. A plataforma tem 145 mil vendedores locais e internacionais, assim como três mil marcas e serve mais de 560 milhões de consumidores da região.

Publicidade

Instagram abre-se ao e-commerce

“Beber Coca-Cola contribui para a economia portuguesa”