in

Worten mantém lojas abertas para assegurar necessidades imediatas

Worten

As autoridades responsáveis consideram os produtos e serviços disponibilizados pela Worten bens de primeira necessidade, no sentido em que continuam a ser muito importantes para que as famílias portuguesas possam fazer face a esta nova forma de viver o dia a dia. Com base nesse parecer, a Worten mantém as suas lojas em funcionamento, ainda que em horário reduzido.

Exceção feita às lojas Worten Mobile, que encerram temporariamente. O serviço prestado ao cliente não sairá afetado, uma vez que estas lojas estão em localizações muito próximas de outras lojas Worten, tipicamente de maior dimensão e que também vendem produtos de telecomunicações, estando melhor preparadas para cumprir as novas normas de segurança e proteção para clientes e colaboradores.

Ao manter as lojas abertas, a Worten pretende “responder às necessidades mais imediatas e urgentes dos clientes, que querem comprar um produto, sem poder aguardar por prazos de entrega, ou solicitar assistência técnica para um produto que, entretanto, se avariou”, explica Inês Drummond Borges, diretora de Marketing da Worten.

Fruta

Produtores de frutas, legumes e flores adotam medidas para garantir abastecimento

Comércio eletrónico cresce 82,3% em Itália