in , , , ,

Volume de vendas no comércio a retalho desce 0,3% na zona euro

O volume de vendas no comércio a retalho caiu, entre abril e maio, 0,3% na zona euro e 0,4% na Europa dos 28, segundo estimativas divulgadas recentemente pelo Eurostat.

Ao contrário do sucedido na média europeia, Portugal observou uma subida de 1,5%.

Em alimentação, bebidas e tabaco, os países da União Europeia registaram, em média, uma descida de 0,5% no volume de vendas no mês de maio. Os têxteis, a roupa e o calçado recuaram 1,4% e os equipamentos de computador, livros e outros desceram 0,4%. Já os artigos elétricos e mobiliário subiram, em maio, 0,3%.

Em termos homólogos, face a 2018, o volume de vendas no comércio a retalho subiu, em maio, 1,3% na zona euro. O mesmo crescimento ocorreu na Europa a 28.

Portugal teve, em maio, um crescimento de 4,5% no volume de comércio a retalho em comparação com o mesmo período do ano anterior.

Nos países da União Europeia, as vendas na alimentação, bebidas e tabaco subiram 1,3%. Os têxteis, vestuário e calçado sofreram um recuo homólogo de 1,9%. Os bens elétricos e mobiliário cresceram 2,2%. Já nos equipamentos de computador, livros e outros, a subida foi de 3,5%.

Entre os Estados-membros para os quais há dados disponíveis, as maiores subidas foram verificadas no Luxemburgo (+7,4%), Irlanda (+7%) e Eslovénia (+5,6%), em comparação com igual período de 2018.

As maiores descidas ocorreram na Eslováquia (-2,6%), Dinamarca (-1,7%) e Croácia (-1,4%).

Rémy Cointreau procura CEO

Rangel investe 750 mil euros em eficiência energética