in

Volatilidade do real faz subir preços do café e do açúcar

Os preços do café e do açúcar estão a ser afetados pela instabilidade do real, no seguimento do processo de destituição de Dilma Rousseff como presidente do Brasil.

Recorde-se que este país é o maior produtor mundial de café e açúcar. Segundo Tracey Allen, analista de produtos básicos da Rabobank, “tem havido uma forte influência no mercado como consequência da volatilidade do real brasileiro”, com o café e o açúcar a subirem de preço com a valorização da moeda e vice-versa.

O preço do açúcar também foi incrementado pelas preocupações com o clima seco que afeta tanto o Brasil como a Índia, onde as monções têm sido fracas há dois anos consecutivos. No caso do Brasil, a região centro-sul, que é a principal produtora do país, também tem tido um clima mais seco que o habitual, o que está a preocupar os agricultores e agrónomos quanto ao ritmo de desenvolvimento da cana.

Publicidade

DHL reconhecida enquanto patrocinador de excelência nos Sponsorships Awards

Portugal é o 21.º país com os consumidores mais conectados