in

Vendas da Mondelez caem pelo 10.º trimestre consecutivo

Os lucros da Mondelez ficaram acima das expectativas iniciais, beneficiando do crescimento dos volumes e preços em alguns mercados, que ajudou a compensar o impacto da valorização do dólar.

Os lucros atribuídos cresceram 71% para os 554 milhões de dólares, ou 35 cêntimos por ação, no trimestre terminado a 31 de março.

Os volumes cresceram em alguns dos mercados mais importantes, como a América do Norte e a Ásia-Pacífico, onde também se registou uma subida dos preços. Na Europa os volumes também cresceram, mas a empresa teve de cortar os preços.

As receitas totais, contudo, caíram pelo 10.º trimestre consecutivo, prejudicadas pela valorização do dólar e pelo facto dos consumidores estarem a restringir o consumo de produtos mais calórico e com maior teor de açúcar. As receitas caíram 17% para os 6,46 mil milhões de dólares.

Para compensar a descida das vendas, a Mondelez tem vindo a reduzir os custos e vendeu alguns negócios, como o de café. Além disso, está a tornar os seus produtos mais saudáveis.

A multinacional reafirmou as suas previsões para este ano, mas ressalva que espera que a valorização do dólar possa reduzir o crescimento das receitas em três pontos.

Mark Clouse, diretor comercial da Mondelez, vai abandonar a empresa para assumir a direção executiva da Pinnacle Foods. A empresa já avançou que não pretende nomear um substituto.

Publicidade

Publicidade

Comércio eletrónico não trava expansão das lojas físicas

Fnac utiliza a inteligência artificial para entender os clientes