in

Toshiba afirma não considerar abandonar produção de PC’s

A Toshiba confirmou que não está a considerar a abandonar a produção de computadores pessoais e vender a fábrica de Hangzhou, na China.

O comentário surgiu no seguimento da notícia publicada no jornal Sankei em que se dizia que a Toshiba iria deixar de fabricar aqueles produtos, no âmbito do processo de reestruturação desencadeado após o escândalo financeiro em que se viu envolvida.

A notícia avançava que a Toshiba, a Fujitsu e a VAIO estavam a negociar a fusão dos seus negócios de PC’s. A Toshiba consignaria à Fujitsu e VAIO a produção da sua marca Dynabook, focando-se no design e desenvolvimento, o que ajudaria a reduzir custos.

Publicidade

Coviran abre três novos supermercados em Portugal

PIXmania comprada pelo fundo de investimento francês VDD SAS