More stories

  • Sonae
    in

    Lucros da Sonae não resistem à pandemia

    A pandemia pesou nas contas da Sonae, que passou de um lucro de 18 milhões de euros, registado no primeiro trimestre de 2019, para um prejuízo de 59 milhões de euros, nos primeiros três meses deste ano. O grupo retalhista português justifica este resultado negativo com o “registo prudente de contingências contabilísticas” no valor de 76 […] Saber mais

  • Amazon
    in

    Amazon com prejuízo de 704 milhões/€ na Europa

    A Amazon continua a consolidar a sua liderança no mercado online europeu, tendo aumentado as suas vendas em 15%, para os 32.185 milhões de euros, em 2019, de acordo com as contas da Amazon EU, depositadas no Luxemburgo, a que o Expansión teve acesso. Nessas mesmas contas, a gigante do e-commerce declarou um prejuízo de […] Saber mais

  • Publicidade

  • Vendas da Pernod Ricard caem 13,3%
    in

    Vendas da Pernod Ricard caem 13,3%

    O encerramento dos bares e restaurantes devido à pandemia de Covid-19 pesou negativamente nas vendas da Pernod Ricard, que caíram 13,3% no seu terceiro trimestre fiscal, para 1,74 mil milhões de euros. Numa base comparável, a queda foi de 14,5%. Apenas a região da América teve um modesto crescimento, dos 567 milhões de euros para […] Saber mais

  • Adidas
    in

    Covid-19 evapora lucros da Adidas

    Os lucros da Adidas caíram 97%, no primeiro trimestre, enquanto que as vendas contraíram 19%. Esta descida deve-se, sobretudo, ao facto de 70% das lojas Adidas, a nível mundial, estarem encerradas, devido à crise da Covid-19, o que levou as vendas a caírem para os 4,75 mil milhões de euros. Os lucros desceram para 26 […] Saber mais

  • Kraft Heinz
    in

    Lucro da Kraft Heinz cai 6,7% no trimestre

    O lucro da Kraft Heinz caiu 6,7%, para os 346 milhões de euros, no primeiro trimestre. “O trabalho de transformação que iniciámos no ano passado, juntamente com a flexibilidade, agilidade e criatividade dos nossos colaboradores e tremenda colaboração com clientes retalhistas está a ganhar forma”, sublinha Miguel Patrício, CEO da Kraft Heinz. As vendas líquidas […] Saber mais

  • Amazon
    in

    Amazon bate estimativas de vendas, mas lucra menos

    A Amazon registou resultados díspares no primeiro trimestre, que refletem os efeitos da pandemia de Covid-19. De facto, as vendas cresceram ao ponto de bater estimativas, catalisadas pelo facto da empresa ter tido muitos novos compradores, mas foram conseguidas a um maior custo, incluindo os bloqueios às cadeias de abastecimento e as atualizações de segurança, […] Saber mais

  • vendas do Carrefour
    in

    Vendas do Carrefour sobem 3,3%

    As vendas do Carrefour cresceram 3,3%, para os 19.445 milhões de euros, no primeiro trimestre. Excluindo o efeito das divisas, o crescimento foi de 7,5%. “A pandemia de Covid-19 criou uma situação grave e sem precedentes”, afirma Alexandre Bompard, presidente e CEO do grupo. “Num trimestre muito atípico, as nossas vendas foram impulsionadas pelo sucesso […] Saber mais

  • PepsiCo
    in ,

    PepsiCo fatura mais 7,7% no trimestre

    As vendas líquidas da PepsiCo atingiram os 12.753 milhões de euros, durante o primeiro trimestre, num crescimento de 7,7% face ao mesmo período de 2019. Porém, o lucro líquido sofreu uma queda de 5,3%, situando-se nos 1.229 milhões de euros. As vendas da multinacional na Europa cresceram 13,5%, para os 1.690 milhões de euros. Na […] Saber mais

  • Nestlé
    in

    Vendas mundiais da Nestlé caem 6% no 1.º trimestre

    A Nestlé concluiu o primeiro trimestre com uma descida das vendas de 6,2%, para 19.068 milhões de euros. Uma vez descontados os efeitos das vendas e aquisições do grupo, sobretudo do negócio de gelados nos Estados Unidos da América à Froneri, e das divisas, as vendas cresceram 4,7%. Tendo em conta a evolução dos preços, […] Saber mais

  • Publicidade

  • Heineken
    in

    Heineken avisa que 2.º trimestre vai ser ainda pior

    As vendas da Heineken caíram 14% em março, devido ao encerramento dos estabelecimentos do canal Horeca, resultando num declínio de 2,1% nos volumes do trimestre, para os 51,6 milhões de hectolitros. A cervejeira holandesa acredita, contudo, que o segundo trimestre vai ser ainda pior. Não só a procura deverá cair ainda mais, devido ao cancelamento […] Saber mais

  • Kimberly-Clark - 800x600
    in

    Lucros da Kimberly-Clark crescem 45% no 1º trimestre

    Entre janeiro e março, os lucros da Kimberly-Clark aumentaram 45,3% face ao mesmo período de 2019, para os 660 milhões de dólares, graças à subida das vendas. As vendas líquidas atingiram os 5.009 milhões de dólares, mais 8,1%. Em termos orgânicos, o desempenho foi de 11%. A faturação do negócio de cuidados pessoais cresceu 6%, para […] Saber mais

  • DIA Portugal
    in

    DIA Portugal volta “ao verde” no 1.º trimestre

    O Grupo DIA anunciou esta terça-feira, dia 14 de abril, o progresso das vendas líquidas do primeiro trimestre, apuradas que estão as contas nos mercados onde se faz representar: Portugal, Espanha, Brasil e Argentina. E é, precisamente, da Península Ibérica que continuam a vir boas notícias para o operador espanhol presente em Portugal com a […] Saber mais

  • in

    Jerónimo Martins aumenta lucros em 4% no trimestre

    A Jerónimo Martins SGPS encerrou o primeiro trimestre de 2015 com um lucro de 65 milhões de euros, o que representa um acréscimo de 4% no período registado entre janeiro e março do presente exercício. Já as vendas consolidadas atingiram os 3.187 milhões de euros, ou seja, mais 9,6% face ao mesmo período de 2014 (excluindo […] Saber mais

  • in

    Retoma do consumo não atinge o FMCG

    A Kantar Worldpanel avança que neste primeiro trimestre de 2015 as famílias compraram menos volume FMCG que caiu – 2,1% face há um ano atrás. O volume comprado no Grande Consumo pelos lares continua – como desde há 4 anos – em redução praticamente constante. E esta queda do consumo FMCG é originada também pela […] Saber mais

  • in

    Alibaba vende mais que Amazon e eBay em conjunto

    O número de consumidores nos marketplaces da Alibaba aumentou 52%, em termos anuais, no trimestre terminado a 30 de setembro. As vendas excederam, neste período, os 90 mil milhões de dólares, acima do valor combinado das vendas da Amazon e eBay em todo o mundo. O gigante chinês é, agora, a empresa de comércio eletrónico […] Saber mais