More stories

  • Marks & Spencer
    in

    Vendas de alimentos não salvam resultados da Marks & Spencer

    Apesar do crescimento das vendas de alimentos, os lucros da Marks & Spencer caíram 21,2% no seu último exercício fiscal. Todos os negócios, com exceção da alimentação, tiveram um desempenho negativo. As vendas de moda e de produtos para a casa caíram 6,2% e empurraram o total das receitas para os 11,5 mil milhões de […] Saber mais

  • Walmart
    in

    Vendas da Walmart beneficiam de uma procura sem precedentes

    A Walmart anunciou que a “procura sem precedentes” de produtos essenciais durante a pandemia, que a obrigou a contratar 235 mil colaboradores no mercado norte-americano, levou a um forte crescimento das suas vendas. A maior retalhista do mundo, por volume de vendas, detalha que o papel higiénico, os desinfetantes e os alimentos contribuíram para que […] Saber mais

  • Amazon
    in

    Amazon com prejuízo de 704 milhões/€ na Europa

    A Amazon continua a consolidar a sua liderança no mercado online europeu, tendo aumentado as suas vendas em 15%, para os 32.185 milhões de euros, em 2019, de acordo com as contas da Amazon EU, depositadas no Luxemburgo, a que o Expansión teve acesso. Nessas mesmas contas, a gigante do e-commerce declarou um prejuízo de […] Saber mais

  • Costco
    in

    Vendas da Costco caem pela primeira vez numa década

    As vendas da Costco Wholesale sofreram a primeira queda desde a recessão de 2008, como consequência da menor afluência às duas lojas, derivada das medidas de contenção da Covid-19 na maioria dos mercados onde opera. Em abril, face ao mesmo mês de 2019, a faturação caiu 1,8%, para os 10.511 milhões de euros. Em termos […] Saber mais

  • Grupo DIA em Portugal
    in

    Vendas do Grupo DIA sobem 4,3% em Portugal

    As vendas brutas sob insígnia do Grupo DIA em Portugal cresceram 5,7%, no primeiro trimestre, para os 209,6 milhões de euros. Numa base comparável, o crescimento foi de 9,3%. Em termos líquidos, as vendas cresceram 4,3%, para os 148,9 milhões de euros, impulsionadas pelo aumento da frequência de abastecimento e pelas melhorias de equipamentos nas […] Saber mais

  • contas da Beiersdorf
    in

    Nem os detergentes e cremes salvam contas da Beiersdorf

    A pandemia já pesa nas contas da Beiersdorf, cujas vendas caíram 3,6%, no primeiro trimestre. O colapso global no turismo penalizou muito o desempenho da marca La Prairie, que perdeu 36%, mas também dos protetores solares. Recorde-se que cerca de um quarto das vendas da marca premium de cuidados com a pele é feita no […] Saber mais

  • lucros da Adidas
    in

    Covid-19 evapora lucros da Adidas

    Os lucros da Adidas caíram 97%, no primeiro trimestre, enquanto que as vendas contraíram 19%. Esta descida deve-se, sobretudo, ao facto de 70% das lojas Adidas, a nível mundial, estarem encerradas, devido à crise da Covid-19, o que levou as vendas a caírem para os 4,75 mil milhões de euros. Os lucros desceram para 26 […] Saber mais

  • Kraft Heinz
    in

    Lucro da Kraft Heinz cai 6,7% no trimestre

    O lucro da Kraft Heinz caiu 6,7%, para os 346 milhões de euros, no primeiro trimestre. “O trabalho de transformação que iniciámos no ano passado, juntamente com a flexibilidade, agilidade e criatividade dos nossos colaboradores e tremenda colaboração com clientes retalhistas está a ganhar forma”, sublinha Miguel Patrício, CEO da Kraft Heinz. As vendas líquidas […] Saber mais

  • Kellogg
    in

    Ganhos da Kellogg crescem 23%

    Os lucros da Kellogg totalizaram 318 milhões de euros, até março, mais 23% que no mesmo período do ano anterior. A faturação do primeiro trimestre caiu 3,1%, para os 3.121 milhões de euros. Na América do Norte, as vendas diminuíram 8,4%, para os 1.918 milhões de euros, enquanto o negócio na Europa cresceu 5,8%, para […] Saber mais

  • Starbucks
    in

    Receitas da Starbucks caem 5%

    A Starbucks reportou uma descida de 5% nas suas receitas consolidadas, para os seis mil milhões de dólares, no trimestre terminado em março, face ao período homólogo de 2019. Este declínio foi atribuído pela cadeia de cafetarias à perda de vendas relacionada com o surto da Covid-19. “Desde o início desta crise global, a Starbucks […] Saber mais

  • consumo
    in

    Vendas no comércio a retalho caem 5,6% em março

    Os bens alimentares até conseguiram aguentar embate da Covid-19 e crescer face ao mesmo mês do ano passado, mas nem por isso o índice do volume de vendas no comércio a retalho conseguiu escapar a uma queda de 5,6%, em março. Valor que compara com o crescimento de 8,9% verificado em fevereiro, de acordo com […] Saber mais

  • Heineken
    in

    Heineken avisa que 2.º trimestre vai ser ainda pior

    As vendas da Heineken caíram 14% em março, devido ao encerramento dos estabelecimentos do canal Horeca, resultando num declínio de 2,1% nos volumes do trimestre, para os 51,6 milhões de hectolitros. A cervejeira holandesa acredita, contudo, que o segundo trimestre vai ser ainda pior. Não só a procura deverá cair ainda mais, devido ao cancelamento […] Saber mais

  • in

    Desempenho de 2018 ensombrado pelo agravamento das ameaças para 2019 e 2020

    Apesar do agravamento dos riscos estratégico e económico, em 2018, o volume de negócios das empresas não financeiras portuguesas teve um aumento de 9,1%, enquanto as exportações de bens e serviços crescerem 7,5% para 65.712 milhões de euros, com um ligeiro decréscimo na taxa de exportação de 20,3% para 20%. Contudo, as crescentes ameaças ao […] Saber mais

  • Henkel Ibérica
    in

    Henkel anuncia desempenho misto

    No segundo trimestre, a Henkel foi afetada por um ambiente de mercado mais difícil. As vendas foram, nominal e organicamente, praticamente semelhantes ao nível do ano anterior. A margem EBIT ajustado, o EBIT ajustado e o lucro ajustado por ação preferencial (EPS) ficaram abaixo do nível do ano anterior. No primeiro semestre, a multinacional alemã […] Saber mais

  • in

    Retalhistas lideram a lista dos CEOs com melhor desempenho do mundo

    Pelo segundo ano, o diretor executivo de um gigante do retalho de vestuário liderou o ranking anual dos 100 CEOs de melhor desempenho da Harvard Business Review. Pablo Isla, CEO da espanhola Inditex, mais conhecida pela sua marca Zara, é o número um da lista. Este é um ranking de líderes diferente de outros, pois […] Saber mais

  • in

    Henkel apresenta forte desempenho no 3.º trimestre

    No terceiro trimestre de 2017, as vendas da Henkel cresceram nominalmente em 4,9%, para 4.981 milhões de euros. Os movimentos de câmbio tiveram um efeito negativo global nas vendas de 4,2%. Paralelamente, as aquisições e desinvestimentos representaram 6,1% do crescimento das vendas. As vendas orgânicas, que excluem os impactos dos efeitos cambiais e aquisições/desinvestimentos, mostram […] Saber mais