More stories

  • Covid-19
    in ,

    Covid-19 dispara as vendas mundiais de carne congelada

    Estima-se que as vendas globais de carne congelada alcancem os 134 mil milhões de dólares, em 2023, o que representa um aumento de 12 mil milhões de dólares face às estimativas avançadas antes da pandemia de Covid-19, indica a GlobalData. Só em 2020 espera-se que, como consequência das mudanças no consumo potenciadas pelo novo coronavírus, […] Saber mais

  • in

    Pescanova lança polvo inteiro pronto a cozinhar

    O desafio que a Pescanova lança, com as suas embalagens de polvo inteiro limpo e pronto a cozinhar, é de o tornar um ingrediente de eleição no dia-a-dia das famílias portuguesas. Para Ana Vicente, diretora de marketing da Pescanova, oO desafio que muitos enfrentam na hora de o cozinhar o polvo é a sua confeção. […] Saber mais

  • in

    Brasmar torna-se na primeira marca de produtos do mar congelados a ter uma loja online

    Na sequência da evolução do mercado, a Brasmar desafia o frio negativo, tornando-se, assim, na primeira marca de produtos do mar congelados a ter uma loja online. Entre outros objetivos, destacam-se a aproximação ao consumidor final e a quebra da barreira geográfica, naquela que pretende ser uma experiência de compra simples, segura e intuitiva. Inicialmente, as […] Saber mais

  • in ,

    Conveniência e promoção tornam os congelados atrativos

    Os portugueses estão mais preocupados com o equilíbrio entre a sua vida pessoal e a profissional. Com os ritmos de vida cada vez mais acelerados, esta preocupação ganha uma ainda maior relevância, o que tem potenciado o desenvolvimento de alguns mercados associados à noção de conveniência. Caso dos congelados, presença assídua nas cestas de compras. […] Saber mais

  • Chaves para revalorizar a categoria de congelados

    Os congelados são produtos que todos os lares compram habitualmente ou compraram em alguma ocasião, mas existem realmente duas grandes barreiras para o seu consumo, que travam a revalorização desta categoria no ponto de venda. Por um lado, não são alimentos de menor qualidade, mas carecem de sentido de pertença e não empatizam com o […] Saber mais

  • in

    Nueva Pescanova regista lucros pela primeira vez

    A Nueva Pescanova encerrou 2017 com melhores resultados do que os projetados para esse exercício pelo Plano Estratégico 2020 e registou, pela primeira vez, lucros. A empresa pesqueira faturou 1.081 milhões de euros, 2% mais que em 2016. As vendas no canal de retalho, um segmento estratégico para o grupo, aumentaram 6,3%. O EBITDA cresceu […] Saber mais

  • in

    Gelpeixe é patrocinadora oficial do Estoril Praia

     A Gelpeixe, empresa portuguesa de transformação e comercialização de alimentos ultracongelados, e a Estoril Praia Futebol SAD assinaram um acordo de sponsoring para a época 2016/2017. Desde o passado fim-de-semana que a marca está timbrada nas camisolas estorilistas. Além das camisolas, o acordo prevê a visibilidade da marca Gelpeixe na publicidade estática do estádio, na […] Saber mais

  • in

    Pescanova lança Redondos de Pescada

    A Pescanova lançou os novos Redondos de Pescada, elaborados com pescada da Namíbia, em forma de hamburger. Sem pele nem espinhas, os Redondos de Pescada Pescanova são ultracongelados ainda em alto mar para garantir a máxima qualidade. Além disso, graças à sua carne branca, sabor suave e reduzida quantidade de gordura são o aliado para […] Saber mais

  • in

    Exportações de alimentos congelados mantêm tendência de subida

    Segundo o estudo Sectores Portugal “Alimentos congelados” publicado pela Informa D&B, o volume de negócio no sector de alimentos congelados tem mantido nos últimos anos uma tendência de crescimento, favorecida pelo bom comportamento das vendas ao exterior. Em 2014 acelerou-se o ritmo de crescimento das exportações, destacando-se também a notável subida das compras no exterior. […] Saber mais

  • in

    Nestlé negoceia venda da sua filial de congelados e refeições prontas

    A Nestlé entrou em negociações exclusivas com o Brakes Group para a venda da sua filial de alimentos congelados, refrigerados, gelados e refeições prontas Davigel. De acordo com a Europa Press, a operação faz parte da estratégia de revisão de ativos que está a ser implementada pela multinacional suíça e está sujeita a um período […] Saber mais

  • in

    Dr. Oetker compra Coppenrath & Wiese

    A Dr. Oetker comprou o fabricante alemão de sobremesas congeladas Coppenrath & Wiese, que representa a sua entrada neste segmento. A Dr. Oetker possui as marcas de pizzas congeladas Ristorante e Chicago Town e já participava no mercado das sobremesas refrigeradas com as marcas Paula e Marmorette. Saber mais

  • in

    Nestlé quer vender subsidiária francesa especializada em congelados

    A Nestlé que vender a Davigel, a sua subsidiária francesa especializada em comida congelada, avança o Le Monde. Segundo a multinacional suíça, o processo envolve, sobretudo “identificar um parceiro que ajude a Davigel na sua próxima etapa de crescimento, assim como salvaguardar os interesses dos colaboradores, consumidores e acionistas”. A Davigel passou a fazer parte […] Saber mais

  • in

    Bonduelle testa a venda direta dos seus produtos

    A Bonduelle decidiu experimentar todos os canais de venda direta e, após ter começado a vender os seus produtos nas lojas de fábrica, criou uma equipa, composta por dez pessoas, dedicada ao comércio eletrónico internacional. Segundo o jornal Les Echos, na sede da empresa, em Villeneuve d’Ascq, em França, está em funcionamento uma loja de […] Saber mais

  • in

    Bonduelle cresce acima das expectativas

    O volume de negócios da Bonduelle aumentou acima dos objetivos previamente anunciados pela empresa, no ano fiscal 2013-2014, que compreende o período de 1 de junho de 2013 a 30 de junho de 2014. O crescimento da atividade, em 1,3%, reflete o cariz internacional do grupo, com a Europa a regressar aos valores positivos, com […] Saber mais

  • in

    Exportações de alimentos congelados crescem 10,8%

    As exportações de alimentos congelados cresceram 10,8% em 2013, atingindo 338 milhões de euros, revela um estudo da Informa D&B. Em contrapartida, as importações diminuíram 0,9%, até aos 752 milhões de euros. Segundo o estudo, o défice da balança comercial tem-se reduzido significativamente, tendo passado de 508 milhões de euros em 2009, para 414 milhões […] Saber mais