More stories

  • Naturnes Bio
    in

    NATURNES Bio lança refeições biológicas

    A gama NATURNES alargou a sua oferta ao entrar no segmento de refeições biológicas para bebés. A marca lança agora no mercado NATURNES Bio Ervilhas com Batatas e Frango e NATURNES Bio Cenoura e Tomate com Peru. Nutricionalmente adaptadas, as novas refeições biológicas são ideais para bebés a partir dos seis meses de idade.   […] Saber mais

  • in

    Cerelac lança novas papas infantis com quinoa

    A Cerelac traz de volta a autenticidade dos cereais ancestrais, lançando duas novas variedades com quinoa: Cerelac Seleção da Natureza Aveia Quinoa e Cerelac Seleção da Natureza Aveia Quinoa e Ananás. A quinoa era conhecida pelos Incas como “a mãe de todos os cereais”, que acreditavam no seu poder nutricional. Cerelac Seleção da Natureza é […] Saber mais

  • Publicidade

  • in

    Consumo de produtos de alimentação infantil cresce 4%

    O consumo de produtos para bebé mostrou-se dinâmico em 2018, segundo dados da Nielsen. O sector da puericultura cresceu, em 2018, 2% das vendas em valor. Dentro deste sector, destacou-se a categoria de alimentação infantil, crescendo 4% relativamente ao período homólogo e ultrapassando os 108 milhões de euros. Com a recente estabilização dos valores da […] Saber mais

  • in , ,

    Recomendação e conveniência impulsionam o mercado dos produtos para bebé

    A categoria de alimentação infantil continua a desenvolver-se positivamente. Segundo dados da Kantar Worldpanel, assiste-se a uma maior atratividade e repetição de compra por parte das mães na categoria de nutrição infantil, ainda mais forte em lares com bebés até aos seis meses. Também as categorias de âmbito não alimentar continuam a apresentar uma boa […] Saber mais

  • in , ,

    Alimentação infantil e puericultura: mercados à prova de maturidade

    São dois mercados altamente renováveis e à prova da maturidade. No caso da alimentação infantil, especificamente, a cada três anos, renova-se a base de clientes. Inovação, credibilidade e confiança são os principais vetores destas categorias, onde o capital marca ainda faz toda a diferença. Os nascimentos em Portugal aumentaram 3% em 2016, prolongando a tendência […] Saber mais