in

Sharp “salva” pelo Estado japonês

Segundo informações veiculadas em vários meios de comunicação japoneses, um fundo público supervisionado pelo Ministério da Indústria do Japão, vai investir na Sharp.

O investimento poderá ser feito pelo fundo isoladamente ou em colaboração com a empresa de Taiwan Hon Hai, na totalidade da tecnológica japonesa ou apenas na sua divisão de LCD’s.

Apesar dos vários planos de reestruturação, da suspensão de atividade e dos licenciamentos, a situação financeira da Sharp está de difícil recuperação. A empresa está há alguns meses a analisar a possibilidade de ceder uma parte ou a totalidade da sua divisão de LCD’s à Hon Hai, empresa que controla a Foxconn, para fazer face às dificuldades económicas.

O investimento por parte do Estado japonês, caso se faça apenas na divisão de LCD’s, poderá levar à sua junção com a Japan Display. Esta empresa, cujo principal acionista é o fundo público, nasceu em 2012, da junção das atividades de pequenos e médios ecrãs da Sony, Hitachi e Toshiba.

Publicidade

Vendas de computadores caíram 7,7% no 3.º trimestre

Lucros da Samsung acima do esperado no 3.º trimestre