in

Quinta Nova apresenta vinhos da colheita de 2013

A Quinta Nova apresenta ao mercado os três Grande Reservas 2013, o Vintage 2013 e o Mirabilis Tinto de 2013, assim como o Mirabilis Branco de 2014. Segundo a adega, estes “espelham de forma fiel a tipologia de cada uma das 42 parcelas da Quinta e são o reflexo da aposta da Quinta Nova na qualidade. Ao perfil da região, a Quinta Nova adicionou a inspiração na Borgonha e na Ribera del Douro.

Com trabalho de equipa, num ano difícil, também se fazem exceções“, revela Luísa Amorim, administradora da Quinta Nova. Na vindima de 2013 da Quinta Nova foi possível contrariar um ano atípico, condicionado por uma quebra de 35% da produção, resultado de um inverno seco, chuva nas alturas mais impróprias e falha grave no sistema de bombagem da água do rio.

Em 2014 a Quinta Nova assegurou o 9º lugar no mercado nacional e a 11ª posição na categoria de Douro “Tintos” ao nível mundial, sendo hoje a 15ª empresa de vinhos do Douro no total do volume de vendas desta categoria.

O volume de negócios registou um aumento de 18% em 2014, face a 2013, cifrando-se em 2,3 milhões de euros, dos quais a atividade vitivinícola representa 76%. Em termos estratégicos a Quinta Nova continuará em 2015 orientada para o crescimento do volume de negócios na ordem dos 15% e até 2020, esta será a média de crescimento pretendida para atingir os 3,5 milhões de euros.

O Mirabilis Grande Reserva Tinto 2013, um vinho denso, intenso de aromas e irrepetível, não copiável ano após ano, está disponível numa edição de 5000 garrafas, por um PVP recomendado de 87 euros.

O Mirabilis Grande Reserva Branco 2014, com “aromas de frutos de polpa branca, cítricos, e uma intensidade nobre de especiarias”, está disponível numa edição de 6000 garrafas, por um PVP recomendado de 32 euros.

O monocasta Quinta Nova Grande Reserva Tinto 2013, uma peça fundamental na história da Quinta Nova e na sua máxima expressão de terroir, está disponível numa edição de 4100 garrafas, por um PVP recomendado de 55 euros.

O Quinta Nova Grande Reserva Referência Tinto 2013, “um vinho pleno de mineralidade, frutos azuis, rico em notas especiadas, com uma estrutura bem firme e uma boca bem estreita”, está disponível numa edição de 4100 garrafas, por um PVP recomendado de 55 euros.

O Quinta Nova Reserva 2013, “um vinho de intensidade única, pleno de aromas a frutos silvestres, especiarias e tabaco preto”, está disponível numa edição de 17000 garrafas, por um PVP recomendado de 24,5 euros.

O Quinta Nova Vintage 2013, um vinho com algumas das notas sensíveis de “grafite, chocolate e ligeiro floral”, está disponível numa edição de 2250 garrafas, por um PVP recomendado de 52 euros.

Publicidade

ANEBE apresenta programa de formação Servir Bem, Beber Melhor

Cerveja Sagres é o novo patrocinador do Vitória Sport Clube