in , ,

Paypal alarga proteção do vendedor em Portugal

O PayPal anunciou a extensão da sua proteção do vendedor em Portugal, país que conta com mais de 500.000 contas ativas de utilizadores.

Este programa abrange os vendedores, na situação de lhes serem enviados pagamentos não autorizados, por exemplo, a partir de uma conta pirateada, ou no caso de um comprador alegar que não recebeu o produto – nestas situações o programa de proteção cobre os vendedores na totalidade do valor do pagamento das vendas elegíveis.

Este programa aplicava-se anteriormente em Portugal apenas a bens tangíveis. Neste momento, aplica-se também a serviços (por exemplo, design, educação ou fotografia, etc.), bilhetes (para concertos, espetáculos, eventos desportivo, etc.) e viagens (viagens, voos ou reservas de hotéis, etc.).  “Esta é uma decisão importante que estende o programa de proteção do vendedor para dar aos seus vendedores a garantia de que podem alavancar o comércio eletrónico a uma escala maior e com mais confiança. O PayPal é a carteira digital mais utilizada e confiável do mundo e estas mudanças são uma etapa importante para fornecer aos nossos vendedores uma proteção acrescentada ao usar o PayPal. A segurança é a chave do modelo de negócio do PayPal; saber que se está protegido deveria ser um requisito básico ao comprar e ao vender online, por isso, este é um passo extremamente importante para o desenvolvimento do e-commerce em Portugal”, afirma Miguel Fernandes, Head of Sales & Business Development PayPal Portugal.

O programa ajuda os comerciantes portugueses a vender bens e serviços de forma mais segura aos clientes, em Portugal e também em todos os outros 200 mercados onde o PayPal está presente.

De acordo com dados recentes do estudo PayPal sobre consumidores transfronteiriços, feito 2016, que investigou os hábitos de consumo online domésticos e transfronteiriços de mais de 28.000 consumidores em 32 países, o PayPal é o método de pagamento mais popular para transações transfronteiriças, usado por 84% de todos os portugueses que fazem compras internacionais online.

Publicidade

Lavazza compra marca canadense de café

Gama Home Smart da IKEA compatível com Google Assistant, Casa da Apple e Alexa da Amazon