in ,

Fnac oferece 720 milhões de euros pela compra da Darty

A Fnac quer comprar a totalidade do capital da Darty, seu grande concorrente no mercado francês, e criar um grupo líder no retalho de eletrodomésticos, eletrónica de consumo e tecnologia em França.

A insígnia formulou uma oferta ao conselho de administração da sua concorrente, no valor de 533 milhões de libras, pouco menos de 720 milhões de euros. De acordo com o comunicado da Fnac, trata-se de uma enorme oportunidade estratégica e financeira para ambos os grupos, tendo em conta o conjunto de ativos envolvidos.

A Fnac ambiciona capitalizar a forte notoriedade da Darty. Apesar de, nos tempos mais recentes, ter diversificado a sua oferta, nomeadamente com pequenos domésticos, o negócio permite-lhe, ainda, entrar no mercado da linha branca, alargando significativamente o seu catálogo. Além disso, o grupo destaca a complementaridade da rede de lojas de ambas as insígnias.

A oferta foi apresentada dia 28 de setembro e a Fnac dispõe agora de um mês para confirmar a intenção junto das autoridades britânicas, uma vez que a Darty está cotada na bolsa de valores de Londres. De acordo com o comunicado, a transação não envolverá dinheiro, mas sim a troca de ações emitidas ou a emitir.

Caso o negócio se conclua, a Fnac aumenta também a sua presença online com o site da Darty, reforçando a sua estratégia multicanal, e vê acrescida a sua exposição no mercado europeu. O volume de negócios combinado das duas empresas atinge os sete mil milhões de euros.

Publicidade

Auchan lança “marketplace”

Nasce o Grupo Covirán