in

Empresas satisfeitas com Código de Boas Práticas Comerciais europeu

As empresas europeias estão satisfeitas com a implementação do Código de Boas Práticas Comerciais (Supply Chain Initiative – SCI), criado em 2013.

Segundo o relatório anual divulgado em Bruxelas, 71% dos inquiridos estão satisfeitos ou muito satisfeitos com a forma como a iniciativa tem fomentado a boa relação entre os agentes de toda a cadeia de abastecimento.

Os números indicam que também as pequenas e médias empresas têm resultados semelhantes, com dois terços dos entrevistados a demonstrarem satisfação com a iniciativa. No que diz respeito à formação, 93% das empresas referem ter apostado na formação dos seus recursos humanos em 2016, o que se reflete num aumento de 6% em relação ao ano anterior.

O Código de Boas Práticas Comerciais europeu entrou em vigor em 2013, com um conjunto relevante de empresas portuguesas. Em 2016, a APED, a CAP, a CCP, a CIP, a CNA e a CONFAGRI assinaram um Código de Boas Práticas Comerciais para o sector agroalimentar, com o objetivo de acrescentar valor a toda a cadeia, tornando-a mais equilibrada e competitiva. “Os resultados deste relatório refletem a preocupação efetiva com o equilíbrio e a cooperação que existe entre todas as entidades signatárias na partilha de informação, para a melhor definição das estratégias de negócio, à área da formalização de relações comerciais, sendo que demonstra a aposta dos operadores na autorregulação como chave para mercados dinâmicos e competitivos”, indica Ana Isabel Trigo Morais, diretora geral da APED.

Publicidade

O que distingue as Gerações X, Y e Z?

Worten investe 7 milhões de euros em novo conceito de loja