in

Casa Agrícola Alexandre Relvas quer crescer 10%

A Casa Agrícola Alexandre Relvas (CAAR) revela que, para este ano, as prioridades estratégicas passam por aumentar as vendas no mercado dos EUA, crescer 10% e alargar o espaço da vinha.

A produtora de vinho regional alentejano registou “aumentos sucessivos na área vindimada e das uvas colhidas” e vai investir no aumento da capacidade de armazenamento e engarrafamento, em melhoramentos nas áreas de estágio (barricas e balseiros) e de enchimento, em novas plantações de vinha e em material agrícola para uma viticultura mais sustentável.

Um investimento que irá rondar 1 milhão de euros e que irá permitir aumentar a produção anual para 6,5 milhões de garrafas de vinho.

Aumentar em 5% o número de trabalhadores, nomeadamente nas áreas Comercial e de Produção, e lançar novos produtos são outras das apostas da Casa Agrícola Alexandre Relvas para 2016.

A CAAR fechou o ano de 2015 com um volume de negócios de cerca 7,5 milhões de euros e 4,1 milhões de garrafas de vinho produzidas. As vendas cresceram 20% e o mercado nacional, apesar de estável, cresceu dois dígitos.

Na Casa Agrícola Alexandre Relvas o ano de 2015 ficou marcado pela produção do primeiro vinho biológico – ART.TERRA BIO –, por novas parcerias com a Grande Distribuição (Lidl e El Corte Inglês) e pelo fortalecimento das relações com o Continente, o Pingo Doce, os representantes HORECA e a Makro.

Publicidade

Publicidade

Restaurante Wine Not? abre no Chiado

Tesco acusada de violar código de conduta com os fornecedores