in

C&A elimina os sacos de plástico descartáveis e disponibiliza alternativas mais duradouras

C&A, canda, c a

A C&A anunciou a eliminação progressiva de sacos de plástico descartáveis nas mais de 1.400 lojas que detém em 18 países da Europa.

A partir de março, a empresa disponibilizará os seus sacos de maior durabilidade e feitos com 80% de PET (Politereftalato de Etileno), um composto projetado para prolongar a utilização dos materiais. Para além disso, assim que estes sacos se deteriorarem, poderão ser substituídos de forma gratuita em qualquer loja da C&A.

A marca disponibiliza também, para os seus clientes, sacos de papel 100% reciclados, feitos a partir de papel não branqueado, economizando, assim, a água e energia necessárias ao processo de lavagem que os sacos de papel branco requerem. Além de sacos papel e PET, a C&A oferece outra alternativa: os sacos de algodão.

A empresa analisa continuamente a sua utilização de plástico, como, por exemplo, no processo que adota para transportar e embalar produtos, com o objetivo de reduzir o seu uso geral de plástico. “A eliminação de sacos de plástico de utilização única nas nossas lojas na Europa é um marco importante no compromisso da C&A em reduzir as emissões, obter materiais mais sustentáveis e em criar produtos tendo em mente a sua próxima utilização“, refere Michael Reidick, chefe de sustentabilidade da C&A Europa. “Queremos oferecer aos nossos clientes opções mais sustentáveis e incentivar o hábito de reutilizar e reciclar. Quanto mais tempo pudermos usar o mesmo saco, mais ecológico ele se torna. Esta medida reduzirá ainda mais as emissões de gases com efeito de estufa e o consumo de plástico“.

Vinhos de Portugal reforçam aposta no Reino Unido com iniciativas para profissionais e consumidores

incumprimento

Crédito y Caución apoia empresas exportadoras do sector alimentar e bebidas