Dachser aposta em baterias de lítio como opção sustentável para o sector

6 DEZEMBRO 2018
A Dachser, multinacional de logística, visa, até 2022 e apenas na Europa, substituir, nos seus armazéns, cerca de seis mil equipamentos dedicados à movimentação de mercadoria, apostando em veículos movidos a baterias de iões de lítio que, comparadas com as baterias tradicionais, duram até três vezes mais. Têm, ainda, tempos de carga muito mais rápidos, o que permite potenciar, assim, a flexibilidade do uso de veículos equipados com essas baterias.

A solução permitirá eliminar, paralelamente, a necessidade de salas especiais, reservadas para o carregamento de baterias. Esta alteração é, também, uma boa notícia no que toca à sustentabilidade ambiental, uma vez que as baterias de lítio são capazes de economizar energia e, por isso, poderão representar uma redução nas emissões de CO2 de aproximadamente 1.600 quilogramas, por veículo, a cada ano.

De acordo com Michael Schilling, COO de Road Logistics da Dachser, “a multinacional de logística investe continuamente em instalações e equipamentos de ponta, aprimorando a qualidade dos seus serviços”. O responsável acrescenta, ainda, que “este projeto de modernização é um excelente exemplo de como o lucro e a sustentabilidade podem andar de mãos dadas, produzindo benefícios para os clientes”.

A este nível, refira-se que a Dachser pretende converter, até 2022, todas as suas filiais de transporte terrestre na Europa para esta nova tecnologia. A mudança será feita, contudo, passo a passo, para que os armazéns não operem, simultaneamente, com as duas soluções.

A tecnologia de iões de lítio já foi introduzida com sucesso nas filiais de Radeburg e Erlensee, na Alemanha. Segue-se, agora, a construção e expansão das instalações em Friburgo e Munique, projetos que irão contemplar, também, a infraestrutura elétrica necessária.

Apesar da conclusão do processo estar prevista apenas para o final de 2022, saliente-se que, na Península Ibérica, e até agora, 5% dos equipamentos foi já substituído, principalmente nas filiais de Alicante e Valência.