Presidente da Mercadona apresenta projeto da cadeia em Portugal a Marcelo Rebelo de Sousa

12 NOVEMBRO 2018
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, recebeu na passada sexta-feira, dia 9 de novembro, em audiência, no Palácio de Belém, o presidente da cadeia de supermercados Mercadona, Juan Roig, que lhe apresentou o projeto que a empresa está a desenvolver em Portugal.

A cadeia, que é líder incontestado da distribuição alimentar em Espanha, vai abrir os seus primeiros pontos de venda em Portugal no segundo semestre de 2019, naquela que é a sua primeira “aventura” fora de portas. São oito a 10 pontos de venda, num investimento total de 100 milhões de euros, que prevê a criação de 300 postos de trabalho que, somados aos 200 já existentes, totalizam 500 colaboradores em Portugal. As lojas vão estar localizadas nos distritos do Porto, Braga e Aveiro.

O detentor daquela que é a segunda maior fortuna de Espanha, segundo as contas da Forbes, explicou ao Presidente da República português o projeto que o grupo vai desenvolver no biénio de 2018/2019 e que contempla também um centro logístico localizado na Póvoa do Varzim. “Portugal é uma grande oportunidade para iniciar o crescimento internacional da empresa e estamos muito entusiasmados com a decisão e o desafio de um projeto com o qual estamos muito comprometidos”, manifestou, recentemente, Juan Roig.

Em Espanha, a Mercadona é líder de mercado, com uma quota de 25,1% nos primeiros oito meses do ano, segundo os dados da Kantar Worldpanel. A cadeia controlada por Juan Roig conquistou mais 1,1 pontos de quota e viu 89% dos lares espanhóis comprarem, pelo menos, um produto nas suas lojas neste período. 21,1% da venda de frescos em Espanha é controlada pela Mercadona.