Robots permitem às empresas portuguesas automatizar processos e ser competitivas

Robots permitem às empresas portuguesas automatizar processos e ser competitivas

13 JUNHO 2018
Já imaginou realizar as tarefas que mais gosta no seu trabalho, enquanto um robot se ocupa daquilo que e ocupa tempo desnecessário? Esta é a proposta da bwd, que, a par das soluções de desmaterialização de processos, captura de dados e arquivo digital, oferece a oportunidade de trabalhar com robots.

Os robots, como neles pensávamos nos anos 80 ou 90, em competição com a força humana, não fazem sentido no contexto da realidade empresarial atual. Hoje, são uma ferramenta complementar de trabalho, que consegue executar processos, reproduzindo ações específicas que os humanos executariam, tais como aceder a um portal de um fornecedor para recolher informações ou copiar e inserir dados de uma aplicação para outra. São, por isso, uma mais-valia em processos de diversas organizações e múltiplas indústrias, numa era em que os dados nunca dormem e 2,5 quilogramas de bytes de informação são criados a cada dia, gerando o desafio de encontrar, filtrar e interpretar informação”, assinala Adriano Ribeiro, presidente desta empresa portuguesam que conta com projetos em grupos da indústria e retalho alimentar.

Fundada por profissionais dotados de experiência e know-how em gestão de informação, a bwd - Digital Transformation nasceu da necessidade das empresas portuguesas deterem sistemas de gestão de informação com o mesmo nível de performance dos melhores sistemas a nível mundial, que proporcionam redução de custos, aumentam a produtividade dos colaboradores e aceleram o tempo de lançamento de produtos e serviços no mercado.

Rui Raposo, partner da bwd, salienta a importância destas soluções de automatização de processos na competitividade das empresas. “A solução de robot para automatização de processos que a bwd oferece melhora a tomada de decisão e a ‘customer experience’, pois elimina os erros de digitação, muito frequentes, e acelera os processos. Vem diretamente dos Estados Unidos, onde são realizados os últimos avanços nesta tecnologia, e foi recentemente premiada, a nível internacional, nos 2018 FinTech Breakthrough Awards”.