NOTÍCIAS MAIS LIDAS
EDIÇÃO ONLINE
YET
A Melhor Loja

Os nove emergentes de 2018

12 JANEIRO 2018
O endurecimento inesperado da política monetária norte-americana ou uma rápida desaceleração da economia chinesa poderiam gerar volatilidade e incerteza entre as empresas dos mercados emergentes em 2018.

Esta é uma das principais advertências do mais recente estudo divulgado pela Crédito y Caución que, não obstante, prevê que, durante este ano, o crescimento dos mercados emergentes se mantenha acima dos 4,7%, impulsionado pelo aumento do preço das matérias-primas e pela robustez do comércio global.

No entanto, os mercados emergentes não seriam igualmente sensíveis a uma alteração na evolução dos Estados Unidos da América ou da China. O relatório da seguradora de créditoidentifica os nove países menos vulneráveis aos grandes riscos de 2018. São eles a Colômbia, Costa Rica, República Checa, Índia, Indonésia, Marrocos, Panamá, Senegal e Vietname.

De acordo com o relatório, estes nove mercados partilham entre si alguns pontos fortes: o seu crescimento é impulsionado internamente pelo consumo privado e pelo investimento fixo, contam com reservas externas, com condições políticas e institucionais estáveis e com populações jovens, marcadas por uma classe média em expansão. O relatório, que analisa estes mercados sector a sector, identifica 21 oportunidades de internacionalização nestes nove países.