Jerónimo Martins com nova identidade corporativa para reforçar o foco no alimentar

Jerónimo Martins com nova identidade corporativa para reforçar o foco no alimentar

27 SETEMBRO 2017
14 anos depois, a Jerónimo Martins renovou a sua imagem. A nova identidade corporativa foi apresentada, esta manhã, dia 27 de setembro, no âmbito da inauguração oficial do novo centro logístico em Valongo.

Sara Miranda, diretora de Comunicação e Responsabilidade Corporativas do grupo, explicou que existem razões de fundo para esta mudança. A identidade anterior fora criada numa altura em que a Jerónimo Martins saía da maior crise financeira da sua história, que levou à alienação de ativos, como a operação no Brasil e os supermercados Jumbo na Polónia, a braços com uma dívida líquida de 700 milhões de euros. “A anterior identidade foi desenhada em 2003, quando a realidade do grupo era muito diferente da que é hoje”. Nessa altura, o grupo tinha 28 mil colaboradores e a sua internacionalização reduzia-se à Polónia, que representava somente 15% do EBDITA. Hoje, tem 100 mil colaboradores, está na Polónia e na Colômbia, representando a Polónia mais de 80% do EBDITA. “Passados 14 anos, somos um grupo multinacional, focado no negócio alimentar e determinado a continuar a crescer. A nossa identidade visual já não refletia a verdade da nossa marca. A celebração dos 225 anos reforçou a oportunidade para a mudança”.

A marca anterior era feita sobretudo para comunicar com os mercados financeiros. O amarelo, laranja e azul deram, agora, lugar a "cores frescas", como o verde, com a nova imagem a focar-se “orgulhosamente” no alimentar. "Não procurámos nenhuma revolução. A Jerónimo Martins está cá há 225 anos. É uma evolução profunda, mas não deixa de ser uma evolução", resumiu Sara Miranda.

Com o objetivo de escolher uma agência para o projeto de redesenho da marca, foi lançado um convite a quatro agências, duas a operarem em Portugal e duas em Inglaterra. Em comum, tinham o requisito de nunca terem trabalhado uma marca do universo Jerónimo Martins. A agência escolhida foi a inglesa The Partners, cuja proposta foi considerada a que “melhor conseguiu equilibrar tradição e modernidade, passado e futuro”.

Nick Eagleton, diretor criativo da The Partners, disse que o que mais o inspirou neste desafio foi “descobrir uma marca com uma história e uma cultura tão impressionantes que precisava de uma nova e inspiradora forma de contar essa história ao mundo”. Neste sentido, o trabalho com a Jerónimo Martins não foi apenas o de criação de identidade, mas de storytelling. “A alimentação não é apenas negócio. É a vida das pessoas”. Acrescentou ainda que “o principal desafio foi o de encontrar o equilíbrio perfeito entre as extraordinárias longevidade e herança da marca e, ao mesmo tempo, transmitir a dinâmica e o foco no futuro que os tem conduzido ao longo de tantos anos”.

Ainda no âmbito da celebração dos 225 anos do grupo, e já com a nova marca, vai arrancar na rádio, na imprensa escrita, nos meios online e na rede multibanco uma campanha de publicidade institucional focada nos valores e na cultura do Grupo Jerónimo Martins.

Conheça a história por detrás da nova marca: